Início » Internacional » Republicanos no Congresso pretendem sabotar reabertura de embaixada em Cuba
Política nos EUA

Republicanos no Congresso pretendem sabotar reabertura de embaixada em Cuba

Presidente Barack Obama anunciou a reabertura da embaixada na última terça-feira, 1, mas os republicanos querem atrapalhar

Republicanos no Congresso pretendem sabotar reabertura de embaixada em Cuba
Obama vai enfrentar bastante resistência dos republicanos para o financiamento da embaixada e o envio do embaixador (Foto: Wikimedia)

Os políticos republicanos dos Estados Unidos prometem dificultar bastante os planos do presidente Barack Obama para reabrir a embaixada em Cuba. O anúncio feito pelo presidente na última quarta-feira, 1, enfrenta resistência da oposição.

Leia mais: Estados Unidos e Cuba anunciam reabertura de embaixadas

Os congressistas não precisam aprovar a medida para que a embaixada seja reaberta, mas podem influenciar em outras questões que inviabilizariam a plenitude das relações internacionais entre os dois países como, por exemplo, a liberação da verba para reforma da sede da futura embaixada e a escolha do novo embaixador.

O líder republicano no Senado, Mitch McConnell, afirmou na última quinta-feira, 2, que não será aprovado o envio de um novo embaixador para Cuba. Um dos pré-candidatos à presidência da República em 2016, Ted Cruz, prometeu barrar qualquer financiamento para a embaixada e os nomes sugeridos por Obama. Cruz, no entanto, estabeleceu uma condição para não atrapalhar: o presidente precisa demonstrar “que fez algum progresso para aliviar a miséria” dos cubanos.

O nome favorito para o cargo de embaixador é o do atual chefe da seção de negócios em Havana, Jeffrey DeLaurentis.

Fontes:
Folha-Nos EUA, republicanos ameaçam frear reabertura de embaixada em Cuba

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *