Início » Internacional » Republicanos se unem a democratas contra muro na fronteira
ESTADOS UNIDOS

Republicanos se unem a democratas contra muro na fronteira

Após derrota na Câmara, declaração de emergência também foi barrada no Senado. Trump pode usar veto presidencial

Republicanos se unem a democratas contra muro na fronteira
Trump tem perdido apoio dentro do Partido Republicano (Foto: Tia Dufour/White House)

O Senado dos Estados Unidos, de maioria republicana, aprovou a resolução que impede a declaração de emergência nacional, feita por Trump, para a construção do muro na fronteira com o México.

Ao todo, 12 senadores republicanos se uniram aos democratas para impedir que a proposta passasse na última quinta-feira, 14. Foram 59 votos contrários ao estado de emergência e 41 a favor.

A derrota de Donald Trump no Congresso – a Câmara dos Representantes também já havia barrado a declaração de emergência – demonstra a perda de apoio que o presidente dos EUA, Donald Trump, sofreu dentro do próprio partido. A construção do muro é uma das principais promessas de campanha de Trump, mas seu próprio partido já não o apoio mais nessa empreitada.

“Estamos dizendo hoje: ‘Não, nós não concordamos com isso’. […] Não concordamos que o presidente possa entrar e ir contra a intenção expressa do Congresso quando se trata desses fundos apropriados”, afirmou a senadora republicana Lisa Murkowski, que votou contra o estado de emergência.

Essa foi a segunda derrota de Trump no Senado em dois dias. Na última quarta-feira, 13, sete senadores republicanos se uniram aos democratas para impedir a assistência militar americana na guerra do Iêmen. O motivo seria o constante apoio de Trump à Arábia Saudita, mesmo após a morte do jornalista Jamal Khashoggi.

“O Congresso está finalmente afirmando sua autoridade sob a Constituição – com entusiasmo”, destacou a deputada democrata Donna E. Shalala.

No entanto, a discussão sobre a construção do muro ainda parece longe de acabar. Isso porque, logo depois que a votação do Senado acabou, Trump usou as redes sociais para postar a palavra “veto”, dando sinais de que pode usar, pela primeira vez, o veto presidencial. Caso isso ocorra, a votação ocorre novamente no Congresso. O texto contra a declaração de emergência nacional precisaria de um apoio ainda maior, o que é pouco provável que aconteça.

 

Leia também: Trump prepara novos argumentos para construção de muro

Fontes:
The New York Times-Congress Has a Breaking Point. This Week, Trump Might Have Found It.
DW-Senado decide barrar declaração de emergência de Trump

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *