Início » Economia » Responsável pelas finanças da igreja descobre milhões de euros não declarados
Vaticano

Responsável pelas finanças da igreja descobre milhões de euros não declarados

O 'ministro da fazenda' do Vaticano, cardeal George Pell, afirmou que a descoberta traz uma folga aos cofres da Santa Sé

Responsável pelas finanças da igreja descobre milhões de euros não declarados
Pell afirmou que a reforma financeira do Vaticano está 'bem encaminhada' (Foto: Reprodução/Tony Gentile/Reuters)

Segundo o responsável pelas finanças do Vaticano, George Pell, centenas de milhões de euros “escondidos” foram encontrados nas contas de vários departamentos da Santa Sé. Eles não apareciam nos balanços da sede da Igreja Católica.

Pell, cardeal australiano, concedeu entrevista à revista britânica Catolic Herald. Ele disse que com esse achado, as finanças do Vaticano estão em situação mais confortável do que se acreditava antes. “De fato, descobrimos que a situação é muito mais saudável do que parecia, porque algumas centenas de milhões de euros estavam escondidas em contas particulares seccionais e não apareceram no balanço”.

O cardeal não falou se houve desvio do dinheiro do Vaticano, apenas afirmou que por muito tempo os departamentos tiveram liberdade total sobre suas finanças, seguindo apenas “padrões há muito estabelecidos”. Ele fez questão de afirmar que o Vaticano possui investimentos substanciais e que não está “quebrado”.

Pell foi escolhido pelo Papa Francisco e transferido de Sydney para Roma com o objetivo de fiscalizar as contas do Vaticano, que por anos ficou sobre controle dos italianos. O escritório do cardeal já contatou os departamentos para avisar a mudança na ética econômica. A partir do dia 1° de janeiro de 2015, cada um dos departamentos terá de preparar relatórios financeiros com padrão internacional de contabilidade. Uma grande empresa de auditoria internacional será responsável por analisar os relatórios enviados.

Essa é mais uma das reformas adotadas durante e gestão do Papa Francisco, cardeal argentino escolhido para o cargo maior da Igreja Católica em março de 2013. Francisco reduziu os gastos e aumentou a fiscalização com o objetivo de evitar desvios no dinheiro. Segundo George Pell, as reformas estão bem encaminhadas.

Fontes:
Reuters-Vatican finds hundreds of millions of euros 'tucked away': cardinal

2 Opiniões

  1. ney disse:

    Esses eventos provam que o vaticano não tem nada com Deus pai nem O Senhor Jesus Cristo.

  2. rene luiz hirschmann disse:

    O mundo esta muito perigoso, “Deus esta roubando”.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *