Início » Internacional » Restos de 16 pirâmides são encontrados no Sudão
arqueologia

Restos de 16 pirâmides são encontrados no Sudão

Segundo a equipe de arqueólogos que trabalhou na escavação, as pirâmides têm 2 mil anos e foram construídas para abrigar tumbas no início do reino Kush

Restos de 16 pirâmides construídas há cerca de 2 mil anos foram descobertas na cidade de Gematon, no Sudão. Segundo a equipe de arqueólogos que trabalhou na escavação, as pirâmides foram construídas para abrigar tumbas no início do reino Kush.

“Até agora, nós escavamos seis feitas de pedra e dez de tijolos de barro”, disse ao Live Science o líder da equipe, Derek Welsby, curador do Museu Britânico, em Londres, que desde 1998 trabalha em escavações na região. A maior das pirâmides tem 10,6 metros de largura, o que é um indício de que ela teria cerca de 13 metros de altura.

Segundo Welsby, a maioria das tumbas com pirâmides foram construídas por pessoas poderosas da sociedade do reino Kush, mas também há pirâmides mais simples, feitas por pessoas de menos prestígio.

Além disso, algumas das tumbas não têm pirâmides, outras têm uma simples estrutura de pedras retangular chamada “mastaba”, e outras são marcadas por pilhas de pedras, conhecidas como “tumuli”. Algumas tumbas, no entanto, não têm qualquer marcação.

Segundo a equipe, todas as tumbas foram saqueadas, exceto uma, onde os arqueólogos encontraram uma mesa com oferendas de bronze ao deus Osíris e a deusa Ísis, que apesar de serem parte da mitologia egípcia, também eram adorados em outras partes do mundo, incluindo no Sudão do reino Kush.

Fontes:
O Globo-Restos de 16 pirâmides são descobertos em antigo cemitério no Sudão

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *