Início » Internacional » Rivais e aliados políticos se unem em velório de Shimon Peres
ISRAEL

Rivais e aliados políticos se unem em velório de Shimon Peres

Cerimônia uniu o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e Mahmoud Abbas, presidente da Autoridade Nacional Palestina

Rivais e aliados políticos se unem em velório de Shimon Peres
Cerimônia contou com a presença de delegações de 75 países (Foto: ABr)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Líderes mundiais de várias partes do mundo se reuniram nesta sexta-feira, 30, no santuário do Monte Herzl, em Israel, para se despedir e prestar homenagens ao ex-presidente israelense Shimon Peres, morto na última quarta-feira, 28. Para muitos dos presentes, a morte de Peres marca o fim de uma era de gigantes do ramo político.

Leia mais: Shimon Peres morre aos 93 anos em Israel

Ao mesmo tempo em que homenageava Peres, o funeral também celebrava o sonho de paz do político israelense, que há 23 anos ajudou a negociar os Acordos de Oslo, proclamando a paz entre israelenses e palestinos.

A cerimônia uniu o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, e Mahmoud Abbas, presidente da Autoridade Nacional Palestina, algo que ninguém tinha conseguido fazer em anos. Os dois trocaram um aperto de mão e algumas palavras curtas e amigáveis, mas o encontro não evoluiu disso.

Em seu discurso, Netanyahu deu boas vindas às autoridades presentes, nomeando-os, mas sem mencionar Abbas. Foi Barack Obama quem teve de dar as boas vindas ao líder palestino. Por sua vez, Abbas, em um gesto percebido por alguns como desafiador ao governo de Netanyahu, levou com ele um conselheiro, Mohammed al-Madani, que havia sido anteriormente barrado em Israel por “atividades subversivas”. Nenhum líder árabe compareceu à cerimônia, mas o Egito enviou seu ministro de Relações Exteriores e outros oficiais de baixo posto.

O famoso autor israelense Amos Oz, amigo de Peres, falou em seu discurso sobre o futuro da paz em uma nova era. “Com israelenses e palestinos dividindo uma pequena parte do mundo, a única solução é a criação de um estado palestino, algo que Peres aprovaria. Mas onde estão os líderes com a coragem para fazer isso acontecer? Onde estão os herdeiros de Simon Peres?”, questionou Oz, enquanto Netanyahu e Abbas ouviam.

O funeral uniu delegações de 75 países, incluindo o ex-presidente americano Bill Clinton, o presidente francês, François Hollande, o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, o presidente do México, Enrique Peña Nieto, o príncipe Charles do Reino Unido, os ex-ministros da Inglaterra Tony Blair e David Cameron e o Rei Felipe VI, da Espanha.

Fontes:
The New York Times-World Leaders Gather to Mourn Shimon Peres, and Possibly His Dream

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *