Início » Internacional » Rompimento de barragem deixa centenas de desaparecidos no Laos
TRAGÉDIA NO LAOS

Rompimento de barragem deixa centenas de desaparecidos no Laos

Cerca de 6,6 mil famílias ficaram desabrigadas após o rompimento de uma represa em construção na província de Attapeu, no sul do país

Rompimento de barragem deixa centenas de desaparecidos no Laos
Pelo menos seis aldeias do distrito de Sanamxay, na província de Attapeu, foram afetadas (Foto: KPL)

Centenas de pessoas estão desaparecidas e 6,6 mil ficaram desabrigadas após uma represa em construção romper na província de Attapeu, no sul do Laos, na noite da última segunda-feira, 23. Estima-se que o rompimento da barragem liberou 5 bilhões de metros cúbicos de água.

Dezenas de casas foram destruídas pela forte correnteza da água e outras ficaram submersas. Acredita-se que o rompimento da barragem tenha causado muitas mortes, mas nenhum número ainda foi divulgado. Pelo menos seis aldeias do distrito de Sanamxay, na província de Attapeu, foram afetadas.

Ainda não se sabe o quanto a barragem foi danificada, o que causou o rompimento da represa ou quando a inundação vai diminuir. Segundo a ONG International Rivers, o rompimento da barragem ocorreu pelas condições de monções e pela forte chuva. Segundo o New York Times, uma empresa de engenharia sul-coreana também apontou o mesmo motivo.

O Escritório da Administração Provincial de Attapeu, através da KPL, a agência oficial de notícias do Laos, solicitou auxílio emergencial para ajudar as pessoas afetadas pelo incidente. A Federação Internacional da Cruz Vermelha da Ásia deve emitir fundos emergenciais para Laos nas próximas 24 horas. Por enquanto, o órgão está enviando kits para cerca de mil pessoas deslocadas pela enchente.

A construtora sul-coreana SK Engenharia e Construção (SK E & C), uma das empresas responsáveis pela construção da barragem, informou que enviou uma equipe de resgate, helicópteros e embarcações para o Laos, segundo afirmou o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Sul. Ademais, todos os 53 sul-coreanos que trabalhavam na represa foram resgatados.

O projeto de energia hidrelétrica Xe Pian-Xe Namnoy estava sendo construído pela Companhia de Energia Xe Pian-Xe Namnoy (PNPC), uma joint venture formada em março de 2012 pela SK Construction, pela Korea Western Power (KOWEPO), pela Ratchaburi Electricity Generating Holding (RATCH) e pela Lao Holding State Enterprise (LHSE).

O custo estimado da construção do projeto era de US$ 1,02 bilhão. O estudo de viabilidade foi concluído em 2008, com a construção da represa sendo iniciada em 2013. As operações comerciais estavam previstas para ter início ainda este ano.

Fontes:
CNN-Hundreds are missing in Laos after a dam breaks and floods nearby towns
New York Times-Laos Dam Collapses; Hundreds Are Missing

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *