Início » Internacional » Rússia expulsa mais de 100 diplomatas de 24 países
GUERRA DIPLOMÁTICA

Rússia expulsa mais de 100 diplomatas de 24 países

A Rússia perdeu cerca de 140 diplomatas em 27 diferentes países nas últimas semanas

Rússia expulsa mais de 100 diplomatas de 24 países
Crise diplomática foi iniciada após o envenenamento de ex-espião russo (Foto: PxHere)

A Rússia expulsou 119 diplomatas de 24 países nos últimos dois dias. A decisão russa é uma represália às expulsões de representantes do país em outras nações. A crise diplomática se iniciou depois que o Reino Unido anunciou a exclusão de diplomatas russos após o envenenamento do ex-espião Sergei Skripal.

O país que mais sofreu com as exclusões russas foi os Estados Unidos, que viu 60 de seus representantes serem expulsos do país. Além disso, a Rússia anunciou que vai fechar o consulado americano em São Petersburgo. A medida é a mesma que os EUA adotaram recentemente, excluindo 60 representantes russos e fechando uma embaixada russa em seu território.

Além dos americanos, França, Reino Unido, Alemanha, Itália, Canadá, Polónia, Lituânia, República Tcheca, Moldávia, Holanda, Espanha, Dinamarca, Finlândia, Suécia, entre outros, também sofreram com a perda de seus diplomatas em solo russo. Já a Bélgica, Hungria, Montenegro e Geórgia, que também expulsaram representantes russos, ainda podem perder diplomatas, segundo comunicado do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, conforme informou o G1.

O porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Heather Nauert, não ficou satisfeito com as ações russas, afirmando que “não há qualquer justificativa para a reação russa”. Para Nauert, a Rússia não deveria estar agindo como uma vítima, já que os afetados eram o ex-espião russo e sua filha Yulia, que foram envenenados.

De acordo com o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, a Rússia foi “forçada” a expulsar os diplomatas e não foi o país que iniciou essa guerra diplomática. “A Rússia não desencadeou nenhuma guerra diplomática. O presidente [Vladimir] Putin foi e continua sendo um defensor de estabelecer e desenvolver boas relações com todos os países desde o início, incluindo os Estados Unidos”, disse Peskov, segundo informou a CNN.

 

Leia também: O que a expulsão de diplomatas significa para a Rússia?

Fontes:
CNN-Moscow expels diplomats from 23 more nations as Skripal case fallout widens
G1-Rússia expulsa 59 diplomatas de 23 países em retaliação a países ocidentais

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *