Início » Internacional » Rússia reconhece eleições separatistas na Ucrânia
Contrariando Kiev

Rússia reconhece eleições separatistas na Ucrânia

Presidente ucraniano disse que eleições são ilegítimas e pediu que Putin não reconheça o resultado da votação

Rússia reconhece eleições separatistas na Ucrânia
Apuração dos votos na região de Donetsk, no leste da Ucrânia (Fonte: Reprodução/Reuters)

Agências russas de notícias informaram que Moscou “respeita” os resultados das eleições presidenciais e legislativas no leste separatista da Ucrânia realizadas neste domingo, 2.

Leia mais: Rússia anuncia o fornecimento de gás para a Ucrânia
Leia mais: Putin e Poroshenko se reunirão para discutir paz na Ucrânia

De acordo com o Kremlin, as eleições nas regiões de Donetsk e de Lugansk transcorreram em calma, com uma alta taxa de participação.

O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, havia solicitado ao governo russo que não reconhecesse o resultado da votação, classificando as eleições como ilegítimas.

A União Europeia considerou a eleição ilegal, ressaltando que tampouco Bruxelas reconhecerá seu resultado. Em nota, a nova chefe da diplomacia da UE, Federica Mogherini, disse que considera a eleição “um novo obstáculo no caminho para a paz na Ucrânia”.

Fontes:
G1 - Moscou 'respeita' resultado das eleições separatistas na Ucrânia

1 Opinião

  1. Rene Luiz Hirschmann disse:

    A Europa ainda pensa com a cabeça dos Estados Unidos, até quando não sei.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *