Início » Internacional » Satélite lançado pela Coreia do Norte vaga inativo pelo espaço
missão fracassada

Satélite lançado pela Coreia do Norte vaga inativo pelo espaço

Segundo astrônomos, nave não emite sinais de rádio e orbita o espaço inativamente

Satélite lançado pela Coreia do Norte vaga inativo pelo espaço
Televisão estatal norte-coreana não divulgou o fracasso da missão (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Segundo astrônomos, o satélite lançado semana passada pela Coreia do Norte parece estar vagando inativo pelo espaço. A falha não provocará a queda do satélite, mas o fracasso é um grande golpe nas ambições tecnológicas dos norte-coreanos.

Leia também: O alcance dos foguetes da Coreia do Norte
Leia também: Coreia do Norte lança foguete de longo-alcance

A mídia norte-coreana não divulgou a falha do satélite, concentrando-se apenas no sombrio evento que o lançamento deveria homenagear: o primeiro aniversário da morte de Kim Jong-il, ex-líder do país e pai do atual ditador, Kim Jong-un.

Como parte da cobertura, a televisão estatal transmitiu um vídeo da nora do ex-líder — sua primeira aparição na TV em mais de um mês — e insinuou que ela estaria grávida de um novo herdeiro do clã que governa a Coreia do Norte com punho de ferro. A cobertura seria uma forma de mostrar que a dinastia dos Kim se perpetuará no poder.

Propaganda estatal

A televisão estatal vem divulgando o lançamento do foguete de longo-alcance como uma conquista do jovem novo líder, alcançada apesar das críticas mundiais e das sanções da ONU ao programa de mísseis norte-coreano.

O satélite tem o tamanho de uma máquina de lavar roupas e carrega uma câmera acoplada para observar a Terra, o que necessitaria que a nave estivesse completamente inerte.

Jonathan McDowell, astrônomo de Harvard, disse que não foram captados sinais de rádio do satélite e que astrônomos observaram que a nave está girando continuamente no espaço.

 

Fontes:
The New York Times-Astronomers Say North Korean Satellite Is Most Likely Dead

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *