Início » Cultura » Esportes » Seis dirigentes da Fifa são presos e oito indiciados por corrupção
esquema de corrupção

Seis dirigentes da Fifa são presos e oito indiciados por corrupção

Entre os presos está o brasileiro José Maria Marin, ex-presidente da CBF. Segundo a acusação, nos últimos 24 anos, há na Fifa um grande esquema de corrupção

Seis dirigentes da Fifa são presos e oito indiciados por corrupção
Marin será transferido para os EUA (Foto: Divulgação/CBF)

Seis dirigentes da Fifa foram presos e oito indiciados por corrupção nesta quarta-feira, 27, em Zurique, na Suíça.
No momento da prisão, os membros da organização estavam em um hotel na capital suíça, onde na próxima sexta-feira, 30, haveria uma eleição que poderia dar ao atual presidente Joseph Blatter um quinto mandato.

Entre os mebros presos estão o brasileiro José Maria Marin, membro do comitê da Fifa; Jeffrey Webb, chefe da confederação da Concacaf; Eugenio Figueredo, presidente da Conmebol; Jack Warner, ex-vice-presidente da Fifa e ex-presidente da Concacaf; e Eduardo Li, presidente da Federação da Costa Rica. Blatter não está entre os acusados, mas está sendo investigado.

A ação é fruto de uma investigação de três anos do FBI. Segundo a acusação, nos últimos 24 anos, há na Fifa um grande esquema de corrupção envolvendo fraude, corrupção, extorsão, lavagem de dinheiro e propinas no valor de US$ 150 milhões relativos à Copa do Mundo e acordos de marketing e transmissão de jogos pela televisão.

O FBI também está investigando as copas da Rússia (2018) e do Qatar (2022). Os suspeitos serão transferidos para os Estados Unidos. O porta-voz da Fifa, Walter De Gregorio, afirmou que apesar do episódio a eleição de sexta-feira será mantida.

Fontes:
O Globo-Operação prende seis dirigentes da Fifa e indicia mais oito por corrupção

1 Opinião

  1. Said Mustafá Amin disse:

    A Copa do Brasil não precisa ser investigada porque a Lei Geral da Copa (12.663\12), deu à FIFA a cobertura necessária para suas ilegalidades.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *