Início » Vida » Comportamento » Sem-teto formado em Harvard é tema de reportagem do ‘Washington Post’
Questões sociais

Sem-teto formado em Harvard é tema de reportagem do ‘Washington Post’

Formado em direito em Havard, Alfred Postell estudou com o juiz que decidia seu caso por dormir perto de um prédio no centro de Washington

Sem-teto formado em Harvard é tema de reportagem do ‘Washington Post’
Biblioteca da Escola de Direito de Harvard (Foto: Wikimedia)

Diagnosticado com esquizofrenia, Alfred Postell leva sua comida em sacolas plásticas, anda sem destino pelas ruas e às vezes, dorme em uma igreja de Washington, D.C., a capital americana. Ele pode parecer um sem-teto comum, mas segundo uma reportagem publicada no Washington Post, seu passado surpreende. Postell se formou em direito em Harvard, em 1979, junto com o juiz Thomas Motley, com o presidente da Suprema Corte americana, John G. Roberts Jr., e com o ex-senador de Wisconsin, Russ Feingold.

No apartamento de sua mãe, diplomas, prêmios e certificados enchem um armário junto com objetos antigos de uma vida perdida. Postell se formou em contabilidade, em economia e em direito.

A esquizofrenia

Nascido em 1948, ele é filho único de uma costureira com um homem que instalava e consertava toldos. Ele cresceu sabendo o que era viver sem muitos recursos. Sua mãe, Ruth Priest, diz que ele era um menino normal, focado e motivado.

Algumas pessoas, especialmente aquelas talentosas como Postell, podem esconder os sistomas da esquizofrenia por meses. A vítima acaba se retirando da vida social e do trabalho, mergulhando em isolamento, mesmo sem os parentes e amigos notarem algo de errado. Depois, há um momento, chamado pelos psicólogos de “surto psicótico”, que é quando o gancho com a realidade finalmente se rompe, dividindo suas vidas em duas categorias claras: o antes e o depois.

Esperança para Postell

Em junho, Postell foi absolvido de uma acusação de entrada ilegal. Agora, na maioria dos dias, ele está de volta ao Edifício Brawner perto da Praça Farragut, em Washington. O síndico do prédio, Rhett Rayos, diz que espera que Postell possa “obter apoio e os serviços que precisa”. E há esperança para ele, afinal duas entidades começaram a ajudá-lo: a equipe de saúde mental Green Door e a organização Pathways to Housing, que ajuda sem-tetos.

 

 

Fontes:
The Washington Post-The homeless man who graduated Harvard Law with John Roberts

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *