Início » Internacional » Senado argentino autoriza buscas em imóveis de Cristina Kirchner
INVESTIGAÇÃO DE PROPINAS

Senado argentino autoriza buscas em imóveis de Cristina Kirchner

Decisão foi tomada por unanimidade durante sessão nesta quarta

Senado argentino autoriza buscas em imóveis de Cristina Kirchner
Cristina Kirchner é acusada de envolvimento no chamado 'Escândalo dos cadernos' (Fonte: Reprodução/Flickr)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O Senado da Argentina autorizou nesta quarta-feira, 22, uma operação de busca e apreensão em três imóveis da ex-presidente Cristina Kirchner. A decisão foi tomada por unanimidade.

A medida, que faz parte de uma investigação de supostas propinas milionárias em troca contratos de obras públicas, foi solicitada pelo juiz Claudio Bonadio e precisava ser aprovada pelo Senado, uma vez que, eleita senadora no ano passado, Cristina Kirchner tem foro privilegiado.

O debate nesta quarta durou mais de seis horas e contou com a participação da maioria dos senadores, incluindo Cristina. A possibilidade de perda do foro privilegiado não entrou em discussão.

Todos os 66 senadores que compareceram na sessão desta quarta votaram a favor da ação de busca e apreensão, incluindo a própria senadora e ex-presidente, que discursou durante 45 minutos. “Eu fui a primeira mulher presidente e serei a primeira senadora a sofrer uma invasão”, ressaltou Cristina Kirchner.

Em declaração anterior, Cristina já havia admitido que aceitaria a ação em seus imóveis caso a medida fosse aprovada pelo Senado. A ex-presidente pediu, no entanto, que não sejam divulgadas imagens do procedimento e que estejam presentes seus advogados e um senador.

Cristina Kirchner é acusada de envolvimento no chamado “Escândalo dos cadernos”, um esquema de corrupção que teria durado entre 2005 e 2015.

Fontes:
G1 - Senado argentino autoriza revista de residências de Cristina Kirchner

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *