Início » Internacional » Será a Venezuela palco de um novo tipo de golpe de Estado?
VENEZUELA

Será a Venezuela palco de um novo tipo de golpe de Estado?

Decisão do atual presidente chocou o país; Maduro deu poderes extras a militar

Será a Venezuela palco de um novo tipo de golpe de Estado?
Nenhum único indicador melhorou sob o comando de Maduro (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Uma decisão do presidente venezuelano Nicolás Maduro chocou o país na semana passada. Ele anunciou que estava dando poderes extras ao seu ministro da Defesa Vladimir Padrino López. O presidente fez com que Padrino se tornasse responsável por controlar a distribuição de comida no país que sofre com a escassez. Além disso, Maduro disse que todos os ministros estão agora subordinados ao general.

Leia mais: Venezuela abre novamente fronteira para população comprar produtos básicos
Leia mais: Milhares de venezuelanos vão à Colômbia para comprar alimentos e remédios

Um presidente civil transformando um homem militar em chefe de seu governo é algo marcante. Vários analistas venezuelanos estão interpretando a decisão como um sinal de enfraquecimento do governo, que vem rapidamente perdendo o controle da situação do país.

Mas há outra interpretação possível: que isto foi um semi-golpe de Estado dado pelos militares contra um governo ineficaz e desacreditado.

A Venezuela vem sofrendo com uma grave crise econômica e humanitária. O país está com um dos piores déficits públicos do mundo, além de estar com uma das piores taxas de inflação. Nenhum único indicador melhorou sob o comando de Maduro, e agora a Venezuela já considera Maduro o presidente mais fraco que o país já teve.

Então, quando Maduro designou Padrino López como a figura de liderança política no país, a interpretação comum na Venezuela foi que se tratava de um sinal de um governo em perigo que estava recorrendo aos militares para se salvar. Mas também há uma interpretação alternativa, a de que, talvez, os militares tenham obrigado Maduro a renunciar sua autonomia e autoridade, governando para os militares. Se isto for verdade, este pode ser um novo tipo de golpe na América Latina, um golpe em que apesar de o presidente não ter sido retirado, ele fica com as mãos atadas.

 

Fontes:
Latin America Goes Global-Coup nouvelle: Did we just witness a new type of coup in Venezuela?

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Carlos U Pozzobon disse:

    Explicação duvidosa. Maduro não está de mãos atadas coisíssima nenhuma. Apenas gerenciando sua bancarrota. Não pode entregar o poder porque vai direto para a prisão e nunca mais sai. E se a onda pega, leva com ele todo o seu séquito de juízes e chefes militares, num deus nos acuda em cascata. Logo, precisa acreditar em suas mentiras e terceirizar o máximo possível seu fracasso, sempre de malas prontas para Havana, o único lugar onde poderá passar o resto de seus dias na sombra e água fresca dos amigos dos Castros. Só não saiu ainda porque é um psicopata que acredita no que diz e no que recebe na bandeja de sua canalhocracia refestelada na pilhagem do país.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *