Início » Vida » Ciência » Sete formas de evitar a queda de cabelo
PERDA DE CABELO

Sete formas de evitar a queda de cabelo

Evitar banhos quentes e fazer massagens no couro cabeludo ajudam a evitar a queda de cabelo

Sete formas de evitar a queda de cabelo
Banhos muito quentes podem causar danos ao couro cabeludo (Foto: Pixabay)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Muitos homens são propensos a perder o cabelo com o passar do tempo. No entanto, nem todos ficam felizes com a ideia de ficar careca. Confira sete dicas que podem ajudar a evitar a queda do cabelo:

Prescrições médicas

Há dois remédios clinicamente aprovados que previnem a queda de cabelo: finasteride e minoxidil. O finasteride inibe o hormônio dihidrotestosterona (DHT), que faz com que os folículos do cabelo diminuam. O minoxidil aumenta o fluxo sanguíneo e leva nutriente para os folículos. Ambos os tratamentos podem resultar na volta de crescimento do cabelo, mas os dois podem causar efeitos colaterais. O finasteride pode levar a disfunção erétil e diminuir a libido em aproximadamente um a cada 31 homens, enquanto o minoxidil pode resultar na irritação da pele e em reações alérgicas.

Use um pente laser

Além do finasteride e do minoxidil, o pente laser é o único tratamento contra a perda de cabelo que recebeu aprovação da agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês). Num estudo em 2014, 103 homens com propensão à perda de cabelo encontraram um aumento significante na densidade do cabelo depois de usar o pente laser três vezes por semana no couro cabeludo durante 26 semanas. Ainda não se sabe como o pente laser realmente funciona, mas acredita-se que o laser de baixa intensidade tem um efeito antioxidante nos folículos do cabelo.

Mude seus produtos de cabelo

Há algumas evidências de que muitos géis e outros produtos para estilizar o cabelo podem contribuir para a queda de cabelo, com os químicos destes produtos ficando no nos folículos e no couro cabeludo, impedindo o cabelo de nascer. Por isso, é importante evitar o uso excessivo de géis de cabelo e tentar usar produtos mais naturais, contendo menos químicos.

Evite banhos quentes

Banhos muito quentes podem causar danos ao couro cabeludo, já que acaba com a oleosidade que ajuda a protegê-lo. Isso causa ressecamento e inflamação. Não há evidência direta de que banhos quentes levem à queda de cabelo, mas alguns acreditam que inflamação no couro cabeludo pode resultar na miniaturização dos folículos, deixando o cabelo mais ralo.

Use xampus anti-DHT

DHT é o maior vilão da queda de cabelo. No entanto, alguns xampus podem ajudar a combatê-lo. Procure por produtos que contenham 1-2% de cetoconazol, uma substância que bloqueia a conversão de testosterona em DHT, da mesma forma que o finasteride faz. No entanto, como a aplicação do cetoconazol é restrita ao couro cabeludo, não há o risco dos mesmos efeitos colaterais.

Massagem na cabeça

Alguns estudos mostram que massagem no couro cabeludo tem potencial para aumentar a densidade do cabelo por aumentar a circulação de sangue nos folículos e no couro cabeludo. Além disso, a massagem aumenta a atividade dos genes que promovem o crescimento do cabelo. Outro benefício é que a massagem ajuda a abaixar os níveis de estresse, fator que também está relacionado com a perda de cabelo.

Faça um transplante

Se você já perdeu uma quantidade significante de cabelo, um transplante pode ser sua melhor opção. Antes da queda do cabelo, temos cerca de cem mil fios de cabelos. No entanto, 25 mil fios já dão a aparência normal. No método, folículos de cabelo de doadores são transplantados para o couro cabeludo do receptor.

Leia também: Células de gordura podem ajudar cabelo a crescer

 

Fontes:
The Guardian- Seven ways … to avoid hair loss

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *