Início » Internacional » Setor de construção aposta em sistemas de impressão em 3D
tecnologia robótica

Setor de construção aposta em sistemas de impressão em 3D

As tecnologias da impressão em 3D estão sendo adaptadas ao setor de construção para projetar prédios e outras estruturas

Setor de construção aposta em sistemas de impressão em 3D
Startup holandesa irá usar seu sistema externo de impressão em 3D para construir uma ponte (Fonte: Reprodução/Joris Laarman for MX3D/The Economist)

A indústria continua a encontrar múltiplos usos para a impressão em 3D, sobretudo na criação rápida de protótipos e na produção pequena, mas de custo elevado, do setor aeroespacial. Porém o tamanho da impressora 3D é um fator que limita seu uso: os objetos precisam se encaixar dentro da máquina para serem construídos camada por camada. Agora, alguns sistemas de impressão em 3D permitem imprimir fora da máquina. Assim, podem ser ampliados e usados no setor de construção para imprimir edifícios e outras estruturas.

A startup holandesa MX3D, uma empresa especializada em tecnologia robótica de impressão em 3D, irá usar seu sistema externo de impressão em 3D para construir uma ponte sobre um canal em Amsterdã, assim que as autoridades da cidade escolham um lugar adequado e deem permissão para construí-la. A ponte terá uma extensão de 15 metros e será impressa em aço de uma só vez, e não montada a partir de seções pré-fabricadas.

O uso da impressão em 3D na construção “não é mais uma novidade” para criar detalhes personalizados de decoração, efeitos de luz e mobiliário, segundo um relatório recente da empresa de consultoria Lux Research, com sede em Boston. De acordo com o relatório, existe um interesse crescente na impressão de grandes peças estruturais ou de prédios inteiros, porque permite poupar tempo na construção e ter mais flexibilidade no design. Mas os desafios continuam, em especial no que se refere ao desenvolvimento de materiais de construção que possam ser impressos e que atendam às normas do setor.

Além disso, a substituição da multiplicidade das tarefas dos operários em um canteiro de obras por uma impressora 3D será um processo demorado. Mas na construção, assim como em outros setores, os robôs já começaram a andar.

Fontes:
The Economist - 3D printing: A bridge to the future

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *