Início » Internacional » Carros elétricos podem salvar as concessionárias de energia dos EUA
demanda de eneregia

Carros elétricos podem salvar as concessionárias de energia dos EUA

Concessionárias de energia terão um aumento de demanda, à medida que carros elétricos se tornem populares

Carros elétricos podem salvar as concessionárias de energia dos EUA
Os consumidores estão comprando mais aparelhos eletrônicos que nunca, mas estes utilizam cada vez menos eletricidade (Reprodução/Internet)

Depois de “escaladas de tarifas”, a frase mais ouvida no setor elétrico hoje em dia é “espiral da morte”. A recessão erodiu a demanda, que ainda não se recuperou. No ano passado os americanos usaram 2% menos eletricidade que em 2007. A agência governamental Energy Information Administration estima que a demanda crescerá menos de 1% ao ano entre hoje e 2040.

Os consumidores estão comprando mais aparelhos eletrônicos que nunca, mas estes utilizam cada vez menos eletricidade. A eletricidade consumida pelas TVs caiu em um quarto em cinco anos. Tablets e laptops utilizam menos energia que computadores desktop, e a computação em nuvem significa que as empresas precisam de menos servidores de alto consumo. E há a “geração distribuída”, que abrange tudo, desde sistemas domésticos de energia solar e geotérmicos à geração elétrica autônoma de empresas e campus universitários de grande porte. Todos reduzem as vendas das empresas de energia.

Isso pode significar que as concessionárias de energia terão um aumento de demanda, à medida que carros elétricos se tornem populares, e em seguida uma nova queda, à medida que equipamentos de energia solar (cujos preços caíram à metade nos últimos cinco anos) se tornem onipresentes. Regiões ricas e ensolaradas dos EUA experimentarão esse fenômeno primeiro, mas este certamente chegará ao resto do país e também a outras partes do mundo.

Não obstante, ainda faz sentido para as concessionárias de energia se movimentarem rapidamente para fornecer sistemas de recarga para carros elétricos, acordando com os seus proprietários para que a energia armazenada nas baterias dos veículos possa ser recomprada e para que instalem e mantenham equipamentos de geração de energia solar (como alguns já fazem). Essas empresas têm muitos anos de crescimento pela frente, diferentemente dos negócios existentes das concessionárias de energia, que se deparam com uma escolha clara: ficam para trás e serem superadas ou abraçarem o choque do novo.

 

Fontes:
The Economist-Adapting to plug-ins

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *