Início » Internacional » Sexo casual pode ser proibido na Indonésia
INDONÉSIA

Sexo casual pode ser proibido na Indonésia

Adultério já é crime, mas agora o governo quer tornar o sexo entre pessoas solteiras ilegal

Sexo casual pode ser proibido na Indonésia
Milhões de pessoas que tiveram casamentos e cerimônias informais, seriam legalmente proibidas de ter relações sexuais (Foto: Pixabay)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Na Indonésia, o adultério já é ilegal. Mas, agora, o mais alto tribunal do país está analisando se o sexo fora do casamento deve ou não ser proibido. Caso o tribunal revise a lei para banir o sexo casual, as relações entre gays podem se tornar ilegais pela primeira vez na Indonésia, além daquelas entre casais heterossexuais que não sejam oficialmente casados. A decisão será tomada em dezembro deste ano.

Leia mais: Indonésia: a luta das policiais pelo fim dos testes de virgindade
Leia mais: Indonésia acorrenta e confina pessoas com doenças mentais

Organizações de Direitos Humanos dizem que a situação é extramente perigosa. A lei atual pune o adultério com pena de até nove meses na prisão, caso a lei seja revisada, a pena pode servir para casais que tenham relações sexuais sem serem casados, que seriam processados e condenados.

Apesar de a Indonésia ser um exemplo raro de democracia majoritariamente muçulmana, ela não mantém uma lei islâmica a nível nacional. Os conservadores indonésios, no entanto, interpretam a Constituição de forma a apoiar os valores religiosos. Por isso, ativistas temem que o tribunal conservador não conseguirá resistir a oportunidade de defender a moral tradicional.

Além da comunidade gay, lésbica, bissexual e transgênero, as mulheres também parecem ser alvos fáceis nesta tentativa de banir o sexo casual. Afinal de contas, é fácil identificar uma mulher solteira grávida.

Para piorar, cerca de metade dos casais indonésios são casados legalmente. Ou seja, milhões de pessoas, que tiveram casamentos e cerimônias informais, seriam legalmente proibidas de ter relações sexuais, o que prejudicaria a população mais pobre.

Fontes:
The Washington Post-Indonesia’s top court weighs ban on sex outside marriage

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Roberto1776 disse:

    Olha só o perigo da BANCADA NEO PENTECOSTAL, indevidamente chamada de BANCADA EVANGÉLICA. Católicos, protestantes, mórmons, espíritas não representam nenhum perigo à nação. Os NEO PENTECOSTAIS (assembleias disso e daquilo) assombram os States desde o início do século 20. Vide o filme ELMER GANTRY (Entre Deus e o Pecado)

  2. Vítor de Almeida Brito disse:

    Roberto1776

    o que a bancada evangélica no Brasil tem haver com isso??? por acaso é bancada evangélica ou bancada islâmica??

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *