Início » Internacional » Shell desiste de explorar petróleo no Ártico

Shell desiste de explorar petróleo no Ártico

Custos e regulamentações imprevisíveis influenciaram na decisão

Shell desiste de explorar petróleo no Ártico
A companhia estava sendo pressionada por ambientalistas sobre o risco das atividades na área (Foto: Wikipedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A Royal Dutch Shell anunciou que não vai mais explorar petróleo no Ártico após não conseguir um volume suficiente do recurso. O movimento deve apaziguar ambientalistas e acionistas da empresa que insistiam que o projeto era, além de muito caro, arriscado.

Foram gastos até o momento cerca de US$7 bilhões na exploração do Ártico. A Shell disse que pode ter um prejuízo de mais de US$4,1 bilhões pela decisão de abandonar o Mar de Chukchi.

Esta é a segunda campanha fracassada da Shell no Ártico desde a interrupção da exploração, por três anos, quando uma sonda quebrou na região, em 2012.

“A Shell achou indícios de petróleo e gás, mas estes não são suficientes para garantir uma exploração adicional”, disse a Shell em um comunicado nesta segunda-feira, 28.

A decisão de retirar-se da área reflete os resultados ruins do poço de exploração Burger J, os altos custos do projeto e a imprevisível regulamentação ambiental federal na área ao redor do Alasca.

Analistas do Deutsche Bank estimam que o projeto da Shell de explorar petróleo no Ártico pode custar à companhia cerca de US$9 bilhões.

Fontes:
R7 - Shell encerra exploração de petróleo no Ártico

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Roberto Henry Ebelt disse:

    Prejuízos insignificantes comparados aos produzidos pela nossa gloriosa estatal petrossauro durante a gestão petista.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *