Início » Internacional » Síria volta a controlar Palmira
INTERNACIONAL

Síria volta a controlar Palmira

O controle da cidade histórica já mudou quatro vezes nos últimos dois anos

Síria volta a controlar Palmira
Uma das ruínas da cidade histórica antes da disputa pelo seu controle (Foto: Wikimedia)

A cidade histórica Palmira, na Síria, voltou ao controle do governo, na última quinta-feira, 2, com o apoio da Rússia. Esta é a quarta vez nos últimos dois anos que o controle de Palmira muda de mãos. O patrimônio mundial da UNESCO vem sendo alvo de disputa entre o governo sírio e os combatentes do Estado Islâmico, que destruíram parte das ruínas históricas e usaram um famoso anfiteatro para execuções públicas.

Leia mais: Estado Islâmico destruiu Arco do Triunfo de Palmira

O Estado Islâmico assumiu o controle da cidade em maio de 2015, mas foi expulso oito meses depois pelos soldados sírios. O grupo voltou a controlar Palmira em dezembro do ano passado.

A cidade é valiosa para o grupo jihadista, porque o Estado Islâmico considera os símbolos da cidade um sacrilégio. O grupo considera Palmira um bom lugar para promover um califado estritamente religioso, desprovido de homenagem a outras religiões ou culturas. Quando os russos ajudaram a Síria a expulsar o Estado Islâmico de Palmira pela primeira vez, o Kremlin indicou que esta era uma vitória da civilização contra a barbárie.

Em Genebra, na Suíça, onde as Nações Unidas estão tentando parar a guerra, os representantes da oposição síria sugeriram que o Estado Islâmico pode voltar a controlar a cidade. Nasr al-Hariri, o chefe dos negociadores da oposição, comparou a situação do controle da cidade com um desenho animado. É “como assistir Tom e Jerry”, disse.

Fontes:
The New York Times-Ancient City of Palmyra Swings Back to Syrian Government Control

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Loree disse:

    Have you given any kind of thought at all with trsinlatnag your current website in to French? I know a couple of translaters here that will might help you do it for no cost if you want to make contact with me personally.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *