Início » Internacional » Slow food ganha força nos Estados Unidos
Alimentação

Slow food ganha força nos Estados Unidos

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O movimento de slow food (comida lenta) chegou oficialmente aos Estados Unidos, berço do popular fast food. Ao chegar em San Francisco, nas proximidades do prédio da prefeitura, turistas e moradores podem se deliciar com um mercado de alimentos produzidos localmente como tomates, presunto e queijos frescos.

De acordo com Carlo Petrini, gourmet italiano pioneiro do movimento, apesar de não acreditar que a comida lenta teria espaço nos Estados Unidos, hoje o país oferece o que há de melhor em slow food. Para Alice Waters, dona do restaurante Chez Panisse, a Europa– que criou o movimento– defende uma cultura, os Estados Unidos estão construindo uma através da inclusão da comida.

Fontes:
Economist - Revolutionaries by the Bay

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Dorival Silva disse:

    Interessante esta reação ao "fast food". Surpresa! Existem americanos de bom gosto…

  2. Dorival Silva disse:

    Interessante esta reação ao "fast food". Surpresa! Existem americanos de bom gosto…

  3. Acácio Brasil disse:

    Dorival, você não devia falar assim, é falta de respeito com nossos irmãos norte-americanos.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *