Início » Internacional » Sobe para 50 o número de mortos pelo Dorian nas Bahamas
FURACÃO DORIAN

Sobe para 50 o número de mortos pelo Dorian nas Bahamas

Acredita-se que o número de mortos ainda vai aumentar consideravelmente à medida que os corpos são retirados dos escombros

Sobe para 50 o número de mortos pelo Dorian nas Bahamas
Cerca de 70 mil pessoas precisam de abrigo e comida nas Bahamas (Foto: Samaritan’s Purse/Twitter)

Subiu para 50 o número de mortos após a passagem do furacão Dorian pelas Bahamas. O fenômeno tropical atingiu o arquipélago no último dia 1º de setembro e deixou um rastro de destruição.

Acredita-se que o número de mortos ainda vai aumentar consideravelmente à medida que os corpos são retirados dos escombros. Os trabalhos de busca e resgate continuam, principalmente nas Ilhas Ábaco, uma das áreas mais afetadas.

O furacão Dorian está sendo considerado o maior desastre natural das Bahamas, com ventos atingiram 320 km/h. O fenômeno foi um dos mais fortes já registrados na região do Caribe.

Segundo estimativas da Organização das Nações Unidas (ONU), cerca de 70 mil pessoas precisam de abrigo e comida nas Bahamas. Milhares de pessoas estão migrando para a capital das Bahamas, Nassau, em busca de melhores condições de vida. Analistas acreditam que os danos chegam a US$ 3 bilhões.

Alguns bahamenses estão levantando a possibilidade de migrar para os Estados Unidos, até mesmo para encontrar parentes que vivem no país. No entanto, ainda não se sabe se o governo Trump vai afrouxar as regras migratórias.

Membros do Congresso, inclusive republicanos, como o senador Marco Rubio, da Flórida, pedem para que os requisitos de vistos sejam suspensos temporariamente para ajudar bahamenses a encontrarem seus familiares nos EUA.

Agências americanas já anunciaram envios de ajuda humanitária, inclusive galões de água e suprimentos médicos, para as Bahamas, conforme anunciado pelo senador Marco Rubio pelas redes sociais.

Algumas personalidades também estão fazendo doações individuais, como o ex-jogador de basquete Michael Jordan, que anunciou o repasse de US$ 1 milhão para organizações de assistência.

Leia também: Trump é acusado de deturpar rota do Dorian

Fontes:
The New York Times-Dorian's Death Toll in Bahamas Rises to 50: Official
Metro-Bahamas contabiliza 50 mortos após uma semana do furacão Dorian

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *