Início » Economia » Software de fraude é detectado em mais carros da Volkswagen
ESCÂNDALO DA VOLKSWAGEN

Software de fraude é detectado em mais carros da Volkswagen

Software que frauda controle de emissão de poluentes foi detectado em mais modelos da Volkswagen, Audi e, pela primeira vez, em um modelo da Porsche

Software de fraude é detectado em mais carros da Volkswagen
As novas revelações intensificam os danos potenciais nas finanças e na reputação da Volkswagen (Foto: Wikipedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA) disse na última segunda-feira, 2, que descobriu softwares fraudadores de controle de emissão de gases poluentes em mais modelos da Volkswagen e da Audi do que o divulgado. Além disso, pela primeira vez, o software ilegal foi detectado em um dos modelos de luxo da montadora Porsche.

Leia também: Volkswagen entra em crise após admitir fraude
Leia também: A Volkswagen e a era dos softwares fraudadores
Leia também: Volkswagen registra o primeiro prejuízo em 15 anos

No entanto, a montadora alemã contestou as alegações dizendo que não instalou o software no modelo em questão que poderia “alterar as características de emissões de maneira proibida”. A companhia, em um comunicado curto, se comprometeu a colaborar com a EPA “a esclarecer a questão, em sua totalidade”.

As últimas descobertas das autoridades ambientais colocam uma nova pressão significativa na Volkswagen e no novo executivo-chefe da montadora, Matthias Müller, que anteriormente era chefe da divisão da Porsche na Volkswagen. Autoridades da EPA indicaram que as últimas fraudes foram descobertas durante teste feito por reguladores federais e seus homólogos na Califórnia e no Canadá. A implicação é que a Volkswagen não forneceu a informação.

Müller prometeu investigar o  escândalo das emissões da Volkswagen, em que milhões de carros a diesel foram equipados com um “dispositivo manipulador” que identifica quando o carro está sendo inspecionado e ativam o controle de poluição que, em condução normal, permanece desligado.

As novas revelações intensificam os danos potenciais nas finanças e na reputação da Volkswagen. Audi e Porsche são as maiores rendas da companhia, onde a receita tem uma margem maior em carros de luxo. Em contraste com os carros da marca Volkswagen, que têm lutado para se manter nos Estados Unidos, Audi e Porsche são histórias de sucesso na América do Norte, que é o maior mercado para a Porsche.

Fontes:
New York Times-E.P.A. Finds More VW Cheating Software, Including in a Porsche

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *