Início » Internacional » Soldados e rebeldes do Congo são acusados de violações dos direitos humanos
ONU

Soldados e rebeldes do Congo são acusados de violações dos direitos humanos

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que soldados e rebeldes que estão em conflito no leste do Congo são responsáveis por assassinatos, estupros e tortura de civis.

Ban Ki-moon apresentou um relatório de 28 páginas ao Conselho de Segurança da ONU, afirmando que membros do Exército e da polícia do Congo foram responsáveis por inúmeras prisões arbitrárias. O relatório também acusa forças de segurança, políticos e integrantes do governo congolês de perseguirem jornalistas e ativistas.

Nos últimos meses até 250 mil pessoas foram forçadas a deixar suas casas no leste do país. A ONG Human Rights Watch divulgou um relatório afirmando que cerca de 500 opositores do governo do presidente Joseph Kabila foram assassinados desde 2006 no Congo.

Fontes:
Guardian - UN reports murder, rape and torture by Congo troops and rebels

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Dorival Silva disse:

    A maioria dos países africanos é uma criação artificial dos europeus. Na verdade são um punhado de tribos que se odeiam e se matam sem parar.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *