Início » Internacional » Start-up recebe aval do governo dos EUA para pousar robô na Lua
EXPLORAÇÃO ESPACIAL

Start-up recebe aval do governo dos EUA para pousar robô na Lua

Aprovação do governo americano para a empreitada é mais um reflexo de que a exploração espacial se tornou um negócio

Start-up recebe aval do governo dos EUA para pousar robô na Lua
A Moon Express, dona do MX-1 lander, tem sede em Cabo Canaveral, na Flórida (Foto: Nasa)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Uma start-up americana recebeu do governo dos EUA autorização para fazer algo que a Nasa não faz há mais de 40 anos: pousar na Lua.

Esta semana, a Moon Express, que tem sede em Cabo Canaveral, na Flórida, anunciou que foi autorizada pelo Federal Aviation Administration, órgão responsável pela aviação civil nos EUA, a pousar o dispositivo robótico MX-1 Lander na Lua.

A empreitada faz parte da competição Google Lunar X Prize, que premiará com US$ 20 milhões a empresa privada que conseguir enviar algo para Lua. Além da Moon Express, mais 16 start-ups vão participar da disputa. A competição foi criada pela Google.

Segundo os membros da Moon Express, além do prêmio, o feito vai abrir um novo e lucrativo setor a ser explorado por empreendedores. “Parafraseando John F. Kennedy, escolhemos ir à Lua não porque é fácil, mas porque é um bom negócio”, disse Naveen Jain, presidente executivo da Moon Express.

A expectativa é que o dispositivo seja lançado à Lua no ano que vem. Ele ainda precisa passar por testes. A aprovação do governo americano para a empreitada é mais um reflexo de que a exploração espacial está cada vez mais se tornando um negócio explorado por empresas privadas.

Fontes:
The New York Times-Florida Company Gets Approval to Put Robotic Lander on Moon

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *