Início » Internacional » Supostos extremistas islâmicos podem ter planejado ataque contra Vaticano
Ameaça terrorista

Supostos extremistas islâmicos podem ter planejado ataque contra Vaticano

Com ligação com a Al Qaeda, alguns seriam responsáveis pela explosão em um mercado no Paquistão em 2009, e outros dois faziam parte de uma rede de pessoas que protegiam Bin Laden no país

Supostos extremistas islâmicos podem ter planejado ataque contra Vaticano
Os supostos extremistas islâmicos com possível ligação com a Al Qaeda podem ter planejado um ataque contra o Vaticano em 2010 (Reprodução/Wikipedia)

Nesta sexta-feira, 24, um procurador disse em entrevista coletiva que supostos extremistas islâmicos que estavam sendo investigados na Itália com possível ligação com a Al Qaeda  podem ter planejado um ataque contra o Vaticano em 2010. O procurador-chefe de Cagliari, Mauro Mura, disse que os suspeitos planejavam ataques no Paquistão e Afeganistão, além de também manter a sede da Igreja Católica como alvo.

Segundo a polícia antiterrorista, em Sardenha, alguns dos 18 suspeitos foram responsáveis por “numerosos atos sangrentos de terrorismo no Paquistão”, incluindo a explosão outubro de 2009 em um mercado em Peshawar, em que mais de 100 pessoas morreram. A polícia disse que o objectivo da rede era criar uma insurreição contra o governo paquistanês.

Alguns suspeitos foram presos na Itália, incluindo o suposto líder espiritual do grupo, mas acredita-se que outros deixaram o país. “Nós não temos provas, temos fortes suspeitas”, disse Mario Carta, chefe da unidade policial que está conduzindo a investigação. Ele afirmou a Reuters que todos os suspeitos são paquistaneses ou afegãos, e acrescentou que a operação ainda estava em andamento. Segundo um comunicado da polícia, escutas telefônicas também indicaram que dois dos suspeitos faziam parte de uma rede de pessoas que protegiam Osama Bin Laden no Paquistão.

O procurador Mauro Mura disse que as escutas telefônicas indicaram que os supostos terroristas estavam planejando um ataque no Vaticano e que um homem bomba havia chegado em Roma. Entretanto, esses planos nunca foram adiante e o homem bomba deixou a Itália. O motivo ainda não ficou claro.

Fontes:
O Globo-Itália detém suspeitos de planejar ataque contra o Vaticano
The Guardian-Italy terror cell prepared for Vatican attack, prosecutors claim

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *