Início » Internacional » Tecnologia de ponta para combater o crime
Segurança pública

Tecnologia de ponta para combater o crime

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Neste mês, a cidade norte-americana de Newark concluiu a instalação das 111 câmeras previstas inicialmente para compor seu sistema de vigilância, acrescentando 76 às 35 que estavam funcionando desde o último verão do hemisfério norte.

O sistema de vigilância é a peça central de um ambicioso plano do prefeito de Newark, Cory Booker, de recorrer à tecnologia de ponta para reduzir os altos índices de crimes violentos que a cidade registra. Haverá ainda internet sem fio para que os policiais possam redigir relatórios a partir das viaturas, além de sensores de áudio para identificar os locais de tiros que as câmeras não consigam registrar.

Grandes centros como Londres, Nova Iorque e Chicago já têm grandes redes de videovigilância, mas especialistas dizem que Newark, a maior cidade do estado de Nova Jersey, é a primeira metrópole a conjugar em larga escala uma variedade de tecnologias. Os críticos dizem que todo este aparato ameaça a privacidade das pessoas, dá margem a abusos e pode ter efeitos negativos na vida pública, além de não ser comprovado se reduz mesmo a criminalidade.

Fontes:
Business Week - Newark and the Future of Crime Fighting

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Gilberto M.J. disse:

    A insegurança não é um produto apenas de nossa cidades. Países de primeiro mundo, tidos como desenvolvidos e com baixos níveis de desemprego e alto nível de alfabetização também estão com problemas. Será que vamos chegar a origem destes problemas algum dia
    e poder atuar preventivamente ou isso não passa de uma utopia?

  2. telma farkuh disse:

    Tecnologia pode ser um grande remédio facilitador de situações da famosa área EXATA, como dados, números, enfim, situações racionais. O crime definitivamente não é assunto de matéria exata, envolve gente, entendimento, sentimento, norteamento de ações e reações. É preciso olhar o assunto HUMANAMENTE, como se isso não fosse mais possível em nossos dias, apela-se para tecnologia, que além de nada evitar, pode se transformar em crime isso sim, afinal a LIBERDADE pessoal ainda é importante, ou será que estou enganada ? Será que bastam números, cifras, quantidades, apenas isso?

    Embora fora de moda, dignidade, privacidade e respeito ainda são essenciais aos mamíferos humanos, nós pobres mortais, essencialmente sentimento apesar de todo monumento erguido sobre os controles e técnicas, como se estes fossem suficientes para uma vida melhor e mais harmoniosa.

  3. Fernando disse:

    Pelomenos os contribuinte de lá, sabem para onde está indo o seu dinheiro.
    Previnir fica mais barato.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *