Início » Internacional » Tempestade Ana causa transtornos na Europa
CAOS NA EUROPA

Tempestade Ana causa transtornos na Europa

Uma pessoa morreu, escolas suspenderam as aulas e centenas de voos foram cancelados

Tempestade Ana causa transtornos na Europa
A Tempestade Ana deixou oito distritos portugueses em sinal de alerta máximo (Foto: Twitter)

Vários países da Europa estão sendo atingidos por ventos fortes, temperaturas extremamente baixas e nevascas, provocando um grande transtorno para a população. O caos está sendo causado pela Tempestade Ana, que atinge o continente europeu desde o último domingo, 10.

Escolas, estradas e monumentos, como a Torre Eiffel, tiveram de ser fechados ou interditados pelo mau tempo e cortes de energia foram registrados. Dezenas de pessoas estão desabrigadas e há relatos de feridos. Em Portugal, uma pessoa morreu devido à queda de uma árvore. A Tempestade Ana também deixou oito distritos portugueses em sinal de alerta máximo, causando a queda de quase mil árvores.

No Reino Unido, os termômetros registraram a temperatura mais baixa do ano, chegando a -13ºC de segunda para terça-feira, 12, na região de Shropshire, próximo ao País de Gales. Centenas de escolas suspenderam as aulas no país por causa da forte nevasca. Em Birmingham, os serviços de transportes também foram interrompidos por conta da tempestade.

Enquanto na Holanda mais de 400 voos tiveram que ser cancelados no Aeroporto Amsterdam-Schipol, que concentra quase um terço do tráfego aéreo da Europa. Em Bruxelas, na Bélgica, 300 voos também foram cancelados e outros 100 sofreram com atrasos devido ao mau tempo. O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, também iriam se encontrar na cidade belga, mas tiveram de adiar o compromisso.

Em Calais, na França, uma balsa encalhou com mais de 300 passageiros a bordo devido a ventos de mais de 130 km/h. Após várias horas e a utilização de quatro rebocadores, as pessoas foram resgatadas. Ondas gigantes e ventos de até 150 km/h também atingiram o país, deixando mais de 120 mil residências sem eletricidade ao longo da última segunda-feira, 11.

Os fortes ventos provocaram a interrupção da ligação marítima entre as portuárias Algeciras, na Espanha, e Tanger, no Marrocos. Na região costeira espanhola da Andaluzia e do Mediterrâneo foram registradas ondas de até cinco metros. Na Alemanha, as piores condições foram registradas no último domingo, com acidentes de carros, engarrafamentos, atrasos de trens e cancelamento de mais de 300 voos no Aeroporto de Frankfurt, o mais movimentado do país.

Mais de 50 líderes mundiais estão se reunindo em Paris para uma cúpula sobre o aquecimento global. Sean Penn, Arnold Schwarzenegger e Elon Musk são alguns nomes que se juntam aos líderes globais. Acredita-se que os participantes anunciem projetos para ajudar países pobres e indústrias a reduzirem as emissões na atmosfera.

O presidente francês, Emmanuel Macron, não convidou o presidente dos EUA, Donald Trump, para o evento, em resposta ao fato do chefe de Estado americano ter retirado os EUA do acordo climático de Paris.

Fontes:
G1 - Nevascas e temporais seguem atingindo a Europa
Independent - UK weather live travel updates: Six hour delays on Eurotunnel as freezing conditions cause chaos on roads and rail
Publico - Mais de uma dezena de quedas de árvore e estruturas em Lisboa no início da manhã
Agência Brasil - Ventos fortes, muita chuva e neve causam transtornos na Europa

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *