Início » Internacional » Terroristas ligados aos irmãos Kouachi realizam sequestro no centro de Paris
França

Terroristas ligados aos irmãos Kouachi realizam sequestro no centro de Paris

Dois terroristas, amigos dos suspeitos do ataque ao jornal 'Charlie Hebdo', invadiram um mercado judeu e fizeram cinco reféns

Além dos irmãos Kouachi, que fazem reféns numa gráfica na região norte da França, outro sequestro está ocorrendo no país. Amedy Coulibaly e Hayat Boumeddiene, dois terroristas ligados aos irmãos Kouachi, invadiram um supermercado que vende produtos judaicos, em Paris.

Leia mais: Um dos irmãos Kouachi teria ligação com Al-Qaeda

Segundo informações da AFP, Coulibaly e Hayat teriam matado duas pessoas e feito pelo menos cinco reféns. Amedy, de 33 anos, é suspeito de ter matado uma policial na última quinta-feira, 8. Ele é amigo dos irmãos Kouachi, suspeitos de realizar o ataque ao jornal Charlie Hebdo na última quarta-feira, 7. Cherif Kouachi e Amedy seriam seguidores de um mesmo chefe terrorista, Djamel Bengal.

A polícia ordenou o fechamento de todo o comércio da região, que tem muitas lojas com donos judeus, por serem alvos em potencial para novos sequestros.

Negociações com os irmãos Kouachi

Os dois locais de sequestro foram sitiados pela polícia. O chefe de polícia que realiza as negociações com os irmãos, Mohamed Douhane, disse que está em contato com os irmãos Kouachi e espera que tudo termine de forma pacífica.

“Nós estabelecemos comunicação com os irmãos Kouachi. Eles afirmaram desejar morrer como mártires. O comportamento deles é o de dois determinados terroristas, que certamente estão exaustos fisicamente, mas querem escapar dando um último show de força e de resistência heroica. Eles se sentem numa armadilha e sabem que suas últimas horas estão chegando”, disse o Douhane.

Fontes:
New York Times-Charlie Hebdo Suspects Said to Take Hostage; 2nd Hostage-Taking Also Unfolds

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *