Início » Internacional » Tiroteio deixa mais três policiais mortos nos EUA
TENSÃO RACIAL

Tiroteio deixa mais três policiais mortos nos EUA

Cidade norte-americana de Baton Rouge vive clima de tensão

Tiroteio deixa mais três policiais mortos nos EUA
A notícia do tiroteio acelerou a escalada de tensão racial nos EUA (Fonte: Reprodução/Reuters)

Três policiais morreram e pelo menos outros três ficaram feridos durante um tiroteio neste domingo, 17, em Baton Rouge, Louisiana, nos EUA, a cerca de 12 km do local onde o ambulante negro Alton Sterling foi morto por um agente branco há quase duas semanas.

A cidade norte-americana vive uma clima de tensão. O autor dos disparos que mataram os policiais foi identificado como Gavin Eugene Long, um estudante de 29 anos que atuou nos Fuzileiros Navais entre 2005 e 2010. Agências de notícias informaram que um dos policiais mortos era negro, assim como Long, que também foi morto no confronto.

O suspeito vestia máscara e roupa pretas. Ainda não se sabe o que o motivou: ideologia ou crime comum. Mas a notícia do tiroteio acelerou a escalada de tensão racial nos EUA. O mês de julho tem sido marcado por mortes dos dois lados e violentos confrontos entre polícia e ativistas.

No início deste mês outros cinco policiais foram mortos em Dallas durante um protesto contra a violência policial. A onda de violência nos EUA também tem reforçado o debate sobre o controle de armas no país.

O ataque deste domingo ocorreu perto de um estabelecimento onde policiais costumam comprar café, em uma região descrita como ponto de tráfico.

O jornal Washington Post informou que 30 policiais foram mortos em serviço neste ano. No mesmo período do ano passado foram 16. Em 2015, pelo menos 258 negros foram mortos por agentes de segurança nos EUA. Até agora neste ano já foram 129.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Tiroteio nos EUA mata três policiais; ex-'marine' é identificado como autor

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Rogerio Faria disse:

    Esta e a “democracia” que o Tio San quer exportar para o mundo.

  2. . disse:

    Os EEUU é governado por um muçulmano comunista, antes não havia tantos policiais mortos, O que acho engraçado é que todos os civis que os policiais mataram, estavam rezando nas igrejas. Os socialistas populistas querem dar muita trela a vagabundos, é nisto que dá. E se a candidata Democrata vencer, a tendência é piorar. Olham o que está acontecendo na França, comandada por um socialista, estão colhendo o que plantaram, e vai piorar. Se eu fosse americano votaria nos Republicanos, morei 5 anos nos EEUU e vi que quem quer destruir o País, são os emigrantes que vão para lá, não todos, claro, mas a maioria.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *