Início » Internacional » Tiroteio em igreja dos EUA deixa pelo menos nove mortos
Crime de ódio

Tiroteio em igreja dos EUA deixa pelo menos nove mortos

A polícia americana prendeu nesta quinta-feira o suspeito Dylann Storm Roof, de 22 anos, que teria matado nove negros em uma igreja em Charleston

Tiroteio em igreja dos EUA deixa pelo menos nove mortos
Tiroteio ocorreu na Emanuel African Methodist Episcopal Church (Fonte: Reprodução/AP)

A polícia americana prendeu nesta quinta-feira, 18, o atirador Dylann Storm Roof, 22 anos, que matou nove pessoas na Carolina do Sul na noite de quarta-feira. O atirador teria entrado em uma igreja histórica da cidade de Charleston, muito frequentada pela comunidade negra, e acompanhado uma sessão de estudos bíblicos durante uma hora antes de começar a disparar.

Atirador foi flagrado por câmeras de segurança entrando na igreja (Foto: Polícia de Charleston)

Atirador foi flagrado por câmeras de segurança entrando na igreja (Foto: Polícia de Charleston)

A motivação do crime, segundo a polícia, foi racial. A Igreja Emanuel African Methodist Episcopal é símbolo da luta pelos direitos dos negros e chegou a servir de palco para um discurso do ativista Martin Luther King.

Seis mulheres e três homens morreram no ataque e uma pessoa ficou ferida. Segundo O Globo, o senador democrata Clementa C. Pinckney e sua irmã estão entre os mortos.

O chefe de polícia de Charleston, Gregory Mullen, afirmou que foi um “crime de ódio”. “Esta é claramente uma tragédia na cidade de Charleston”, afirmou.

Fontes:
G1 - Homem branco abre fogo e mata 9 em igreja de comunidade negra nos EUA
O Globo-Polícia divulga imagem de suspeito que matou nove em igreja de comunidade negra nos EUA

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *