Início » Internacional » Tribunal europeu manda tirar Hamas da lista de terrorismo
União Europeia

Tribunal europeu manda tirar Hamas da lista de terrorismo

Premier israelense criticou a decisão, ressaltando que o 'Hamas é uma organização terrorista assassina que em sua carta diz que seu objetivo é a destruição de Israel'

Tribunal europeu manda tirar Hamas da lista de terrorismo
Membros do Hamas participam de um comício anti-Israel no sul da Faixa de Gaza (Fonte: Reprodução/Reuters)

O Hamas será retirado da lista de organizações consideradas terroristas pela União Europeia graças a uma decisão judicial que atendeu a pedido do grupo palestino que controla a Faixa de Gaza.

A decisão foi do Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE), para o qual a inclusão do Hamas na Lista, em 2001, não foi baseada “em fatos examinados e retidos pelas autoridades nacionais competentes, e sim sobre imputações factuais obtidas na imprensa e na internet”.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, reagiu à sentença: “Esperamos que eles recoloquem o Hamas imediatamente na lista. Hamas é uma organização terrorista assassina que em sua carta diz que seu objetivo é a destruição de Israel”.

Netanyahu disse ainda que muita gente na Europa “não aprendeu nada” com a morte de seis milhões de judeus.

Já o Hamas soltou nota dizendo que tirá-lo “da lista negra do terrorismo é uma vitória para nosso povo palestino e para qualquer um que apoie o direito de nosso povo à resistência”.

Fontes:
G1 - Justiça europeia ordena retirada do Hamas da lista de terroristas

3 Opiniões

  1. Carlos disse:

    Absurdo!

  2. jayme endebo disse:

    Podiam aproveitar e dar o Prêmio Nobel da Paz pela “resistencia” que inclui lançamento de mísseis a esmo em território de um Estado de direito e democrático.
    A Europa vai pagar muito caro lá na frente pelos seus corruptos humanistas.

  3. olbe disse:

    A União Europeia tb foi comprada para poder decidir que o Hamas não é um grupo terrorista. O que eles precisam fazer mais? Tá todo mundo comprometido…Só que vai ser tarde quando começarem a chorar por seus entes queridos degolados e o Hamas fazendo justiça com as próprias mãos

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *