Início » Internacional » Trump cancela encontro com Kim Jong-un
TENSÃO DIPLOMÁTICA

Trump cancela encontro com Kim Jong-un

Reunião histórica ocorreria em 12 de junho, em Cingapura. Casa Branca divulgou a carta enviada por Trump a Kim Jong-un cancelando a reunião

Trump cancela encontro com Kim Jong-un
Na carta, Trump fez referência aos recentes comentários da vice-ministra norte-coreana de Relações Exteriores (Foto: Official White House Photos by Joyce N. Boghosian)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, cancelou nesta quinta-feira, 24, o tão esperado encontro histórico com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un.

A reunião estava prevista para o dia 12 de junho, em Cingapura. O cancelamento ocorre logo após a Coreia do Norte anunciar que desmantelou por completo seu centro de testes nucleares.

A Casa Branca divulgou no Twitter a carta que Trump mandou para Kim Jong-un, cancelando a reunião. Leia aqui o documento na íntegra:

(Foto: Twitter/ The White House)

Nós agradecemos seu tempo, paciência e tentativa sobre nossas recentes negociações e discussões em relação ao encontro, que estava programado para ocorrer no dia 12 de junho em Cingapura. Nós fomos informados que a reunião foi pedida pela Coreia do Norte, mas isso para nós é totalmente irrelevante. Eu estava querendo muito estar lá com você. Infelizmente, por conta da tremenda raiva e da hostilidade aberta demonstrada em sua mais recente declaração, eu sinto que é inapropriado, neste momento, ter este encontro que há muito vem sendo planejado. Então, por favor, esta carta representa que o encontro em Cingapura, para o bem de ambas as partes, mas em detrimento do mundo, não vai ocorrer. Você falou sobre suas capacidades nucleares, mas a nossa é tão massiva e poderosa que eu peço a Deus para não ter nunca de usá-la.

Eu pensei que um diálogo ótimo estava crescendo entre nós e no final, é apenas o diálogo que importa. Um dia, eu espero realmente encontrar você. Enquanto isso, eu quero agradecer pela libertação dos reféns que agora estão em casa com suas famílias. Este foi um gesto bonito e que foi muito apreciado.

Se você mudar de ideia sobre esse importante encontro, por favor, não hesite em me ligar ou escrever. O mundo, e a Coreia do Norte em particular, perdeu uma grande oportunidade de paz e de prosperidade. A oportunidade perdida é um momento realmente triste na história.

Na carta, Trump fez referência aos recentes comentários da vice-ministra norte-coreana de Relações Exteriores. Cheo Son Hui disse que as falas do vice-presidente americano, em relação às negociações para eliminação de armas nucleares na península coreana, eram “idiotas” e “estúpidas”.

Fontes:
The New York Times-Trump Pulls Out of June Summit Meeting With North Korea
EM-Vice-chanceler norte-coreana qualifica comentários de Mike Pence de 'estúpidos'

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *