Início » Internacional » Nova York multa Trump em US$ 2 milhões
EUA

Nova York multa Trump em US$ 2 milhões

Suprema Corte do estado multou o presidente americano por uso pessoal dos recursos da Fundação Trump, criada como organização de caridade

Nova York multa Trump em US$ 2 milhões
Processo foi aberto em 2018 e mirava Trump e seus três filhos (Foto: Shealah Craighead/The White House)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi multado em US$ 2 milhões pela Suprema Corte do estado de Nova York, na última quinta-feira, 7, por uso de recursos da Fundação Trump para interesses políticos e comerciais.

O processo foi aberto em junho do ano passado, tendo como alvos os quatro diretores da fundação: o presidente Trump e seus três filhos: Donald J. Trump Jr., Ivanka Trump e Eric Trump.

Segundo a ação penal, Trump usava os ativos da fundação para pagar seus advogados, promover sua rede de hotéis, seus negócios no setor imobiliário e comprar artigos pessoais.

No ano passado, ao protocolar a ação, a procuradora-geral de Nova York, Barbara Underwood, destacou que a investigação que apurou o caso revelou o mau uso dos recursos da Fundação Trump – criada como uma organização de arrecadação de recursos para doações de caridade.

“Como revela nossa investigação, a Fundação Trump era pouco mais do que um talão de cheques para pagamentos de Trump, ou de seus negócios para organizações sem fins lucrativos, sem importar seu propósito, ou legalidade. […] Não é assim que devem funcionar as fundações privadas, e meu gabinete pretende responsabilizar a fundação e seus diretores pelo mau uso de seus ativos beneficentes”, disse Underwood.

Conforme informações da agência de notícias alemã Deutsche Welle, em novembro do ano passado, a defesa de Trump tentou arquivar a investigação, sob o argumento de que um presidente em exercício não pode ser julgado por um tribunal estadual. O pedido foi negado pela jjuiza Saliann Scarpulla, da Suprema Corte do estado de Nova York. No mês seguinte, Trump concordou em fechar a fundação, mas os procuradores mantiveram o processo em curso.

No veredito de quinta-feira, a juíza Scarpulla determinou, além da multa e do fechamento da fundação, a redistribuição de cerca de US$ 1,78 milhão em ativos remanescentes para outras organizações sem fins lucrativos.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *