Início » Internacional » Trump lança boletim informativo de seu governo
'TRUMP TV'

Trump lança boletim informativo de seu governo

A ideia do informativo, batizado pela imprensa de 'Trump TV', é divulgar feitos do presidente que não são veiculados na mídia tradicional

Trump lança boletim informativo de seu governo
O boletim informativo destaca feitos positivos da gestão de Donald Trump (Foto: Divulgação/Facebook)

Em meio a uma queda de braço entre o presidente dos Estados Unidos Donald Trump e imprensa americana, o governo do magnata montou uma equipe de mídia dedicada a divulgar feitos do seu mandato por meio de um boletim informativo na internet.

A ideia do boletim em vídeo, batizado pela imprensa tradicional de “Trump TV”, é de combater as “fake news” (notícias falsas) que, segundo o presidente, são difundidas contra ele por jornais e emissoras de TV do país. Dessa forma, o informativo divulga “notícias verdadeiras” do governo, seguindo a ótica de Trump.

O primeiro vídeo foi lançado no final de julho e já foi visto mais de 2 milhões de vezes no Facebook. Nele, a nora do presidente americano, Lara Trump, mulher de seu filho Eric Trump, traz dados positivos sobre a economia do país, além de destacar que o mandatário doou seu salário presidencial mais uma vez.

“Aposto que vocês não ouviram falar de todas as realizações do presidente nesta semana por conta de todas as notícias falsas que circulam por aí”, disse Lara no vídeo. Ela ainda informa que a taxa de desemprego está no nível mais baixo desde 2001, e o índice Dow Jones marcou novo recorde. “A economia está no auge”, celebrou Lara.

O informativo teve uma segunda edição publicada neste domingo, 6, desta vez apresentado pela jornalista e analista política Kayleigh McEnany, que deixou a CNN dois dias antes. “O presidente Trump tem claramente conduzido a economia na direção correta”, disse a apresentadora.

Entretanto, nenhum dos dois vídeos indicou que os dados sobre o desemprego e mercado de ações que foram divulgados na verdade datam da presidência de Barack Obama, ainda que tenha ocorrido uma melhora em Wall Street após a chegada de Trump à presidência.

Críticas

A criação do boletim informativo tem gerado polêmica na classe política e nos meios de comunicação do país, caracterizando o programa como uma forma de propaganda no estilo de governos autoritários.

Evan McMullin, ex-candidato à presidência dos Estados Unidos, afirma que o vídeo segue um “tipo de propaganda que se veria na Coreia do Norte”. A crítica é reforçada por veículos, como o jornal Washington Post e o canal de televisão CNN, que destacam a seleção de dados fora de contexto ou não verificados e que são veiculados.

Outro ponto criticado é o local onde são feitas as transmissões. Nos vídeos, aparece um telão ao fundo exibindo o logotipo da campanha presidencial de Trump, enquanto uma mensagem na parte inferior da tela convida espectadores a se inscrever em futuras atualizações e a segui-lo nas redes sociais.

Desde antes de assumir a presidência, Trump vem condenando a veiculação da mídia de notícias que ele considera serem falsas. Com exceção da rede conservadora Fox News, os principais alvos do presidente nas redes sociais são a CNN e os jornais New York Times e Washington Post. A imprensa americana tem revelado nos últimos meses informações sobre a gestão de Trump que podem indicar interferência russa em sua campanha presidencial.

Fontes:
BBC-O polêmico lançamento da 'Trump TV', com que o presidente dos EUA quer combater a mídia tradicional
Extra-‘Trump TV’:Presidente monta equipe para divulgar feitos do mandato
O Globo-'Trump TV': a nova estratégia do presidente dos EUA contra a mídia

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *