Início » Internacional » Trump propôs invadir Venezuela, diz imprensa americana
FONTE DO GOVERNO

Trump propôs invadir Venezuela, diz imprensa americana

Fonte diz que não houve, no entanto, 'qualquer plano iminente de um ataque militar'

Trump propôs invadir Venezuela, diz imprensa americana
Proposta teria surpreendido os principais assessores de Trump (Fonte: Reprodução/Wikimedia)

O presidente americano, Donald Trump, propôs no ano passado a assessores que os EUA invadissem a Venezuela sob o argumento de questões de segurança nacional. A revelação foi feita nesta quarta-feira, 4, pela imprensa americana.

A proposta teria sido feita durante uma reunião de Trump com membros de seu gabinete no dia 27 de agosto de 2017. A informação é baseada em uma fonte do governo americano ouvida pela agência de notícias Associated Press (AP) sob condição de anonimato. Líderes latino-americanos, no entanto, rechaçaram a invasão sugerida pelo presidente dos EUA.

A fonte ouvida pela AP informou ainda que a proposta surpreendeu os principais assessores de Trump. Na reunião, que contou com a participação do então secretário de Estado, Rex Tillerson, e do então assessor de segurança nacional, H.R. McMaster, discutia-se novas sanções à Venezuela.

Ainda de acordo com a fonte, assessores de Trump tentaram convencê-lo de que uma ação militar contra a Venezuela poderia ser um tiro pela culatra, pois os EUA poderiam perder o apoio conquistado de líderes latino-americanos contra o governo do presidente Nicolás Maduro.

Trump teria insistido na invasão, citando ações militares implementadas “com sucesso” pelos EUA em países da região, como as invasões do Panamá e de Granada na década de 1980.

Não houve, no entanto, “qualquer plano iminente de um ataque militar”. Os comentários de Trump foram descritos pela fonte ouvida pela AP apenas como “pensamentos”: “O presidente diz e pensa muitas coisas diferentes. Ele estava apenas pensando em voz alta”, disse, segundo a CNN.

A fonte informou ainda que o presidente Donald Trump teria insistido no assunto com líderes latino-americanos, em setembro do ano passado. Em um jantar com Trump, que tinha sido alertado por assessores para não tocar no assunto, quatro desses líderes, incluindo o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, teriam ressaltado sua rejeição à proposta do presidente americano.

Fontes:
DW - Trump propôs a assessores invadir a Venezuela, diz imprensa

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *