Início » Internacional » Trump prova que democracia é má ideia, diz jornal chinês
CRÍTICA CHINESA

Trump prova que democracia é má ideia, diz jornal chinês

Em editorial, jornal estatal chinês usa ascensão de Trump para criticar a democracia e lembra que Mussolini e Hitler chegaram ao poder democraticamente

Trump prova que democracia é má ideia, diz jornal chinês
Segundo jornal, ascensão de Trump colocou os EUA diante de uma falha institucional (Foto: Flickr/Gage Skidmore)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O jornal estatal chinês Global Times publicou um editorial nesta segunda-feira, 14, questionando a eficiência da democracia ocidental. O cerne do debate foi a ascensão de líderes extremistas que foram eleitos democraticamente.

“Mussolini e Hitler chegaram ao poder através de eleições. Agora, um candidato abusivamente racista e extremista está em ascensão nos Estados Unidos. No fim das contas, talvez a democracia não seja uma ideia tão boa”, diz o editorial.

O jornal usa Donald Trump para ilustrar as falhas na sociedade americana e diz que a democracia é uma perda de tempo totalmente assustadora. Chamando Trump de “candidato narcisista e inflamado”, o jornal cita o teor de violência que ronda os comícios do pré-candidato republicano e diz ser chocante que algo do tipo ocorra em um país que “ostenta o sistema eleitoral mais maduro e democrático do mundo”.

“Embates entre eleitores de partidos rivais em época de eleições podem ser comuns em países em desenvolvimento, mas nos Estados Unidos?”, diz o texto, afirmando que Trump “abriu uma caixa de pandora”. Segundo o jornal, mesmo que o empresário venha a ser um alarme falso, sua ascensão política colocou os Estados Unidos diante de uma falha institucional.

Fontes:
The Washington Post-China paper says rise of ‘racist’ Trump shows democracy is scary

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *