Início » Internacional » Trump quer fortalecer arsenal nuclear dos EUA
EM BUSCA DA LIDERANÇA

Trump quer fortalecer arsenal nuclear dos EUA

'Seria maravilhoso, um sonho se nenhum país tivesse armas nucleares, mas se países vão ter, nós estaremos no topo do grupo', afirmou Trump

Trump quer fortalecer arsenal nuclear dos EUA
'Nós nunca iremos ficar para trás em poder nuclear', ressaltou o presidente norte-americano (Fonte: Reprodução/Wikimedia Commons)

Em uma entrevista à agência de notícias Reuters, divulgada nesta quinta-feira, 23, o presidente norte-americano, Donald Trump, disse que quer expandir o arsenal nuclear dos EUA e colocar o país “no topo do grupo”.

Quando assumiu o poder, em meados de janeiro, Trump afirmou que os EUA “ficaram para trás na capacidade em armas nucleares”.

“Eu sou o primeiro que gostaria de ver todo mundo, ninguém ter armas nucleares, mas nós nunca iremos ficar para trás de qualquer país, mesmo se for um país amigo, nós nunca iremos ficar para trás em poder nuclear […] Seria maravilhoso, um sonho se nenhum país tivesse armas nucleares, mas se países vão ter, nós estaremos no topo do grupo”, ressaltou Trump em entrevista à Reuters.

Um novo acordo entre os EUA e a Rússia sobre limite de armas, denominado Novo START, determina que os dois países limitem, até o dia 5 de fevereiro de 2018, os seus arsenais nucleares para níveis semelhantes durante dez anos.

O acordo prevê ainda que EUA e Rússia não ultrapassem o limite de 800 lançadores de mísseis balísticos terrestres e submarinos e bombardeiros pesados aptos para carregar armas nucleares. Também estão previstos mais limites igualitários em relação a outras armas atômicas.

Em sua entrevista à Reuters, Trump classificou o Novo START como um acordo desigual: “Apenas mais um acordo ruim que o país fez, START, o acordo com o Irã… Nós vamos começar a fazer acordos bons”.

O presidente norte-americano afirmou também que os EUA estão “muito irritados” em relação aos testes de mísseis balísticos da Coreia do Norte. “Vamos ver o que acontece. Mas a situação é muito perigosa, e a China pode terminar com isso muito rapidamente na minha opinião”, ressaltou Trump.

Fontes:
G1 - Trump quer expandir arsenal nuclear e colocar EUA na liderança

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Lucinda Telles disse:

    O “Donald Duck” lembra o menino maluquinho lá da Coréia-do-Norte, só que oxigenado.

  2. laercio disse:

    Trump é polêmico! Não vou me ater a ele mas sim pegar uma carona no assunto.
    Trump está falando sobre soberania! Isto está faltando no Brasil, estamos amarrados a tratados que ditam: não façam isto, não façam aquilo…dai perdemos o controle sobre o crime , a educação e saúde…se tornando perfeitos colonizados dos interesses internacionais.
    Precisamos aprender com Trump e ~imaginar que iremos perder muito mais no futuro se continuarmos com nossa falta de soberania.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *