Início » Internacional » Trump quer mudar embaixada dos EUA em Israel para Jerusalém
POLÍTICA EXTERNA

Trump quer mudar embaixada dos EUA em Israel para Jerusalém

Decisão de Trump de mudar a embaixada de Tel Aviv para Jerusalém rompe com um princípio de longa data da política externa

Trump quer mudar embaixada dos EUA em Israel para Jerusalém
Embaixada americana em Tel-Aviv, em Israel (Foto: Wikimedia)

Como qualquer outro país que tem relações diplomáticas com Israel, os Estados Unidos tem uma embaixada em Tel Aviv em vez de em Jerusalém. No entanto, Donald Trump quer mudar isso.

Ele não é o primeiro americano a prometer mudar a embaixada para Jerusalém, seguindo o Jerusalem Embassy Act, que foi aprovado no Congresso em 1995. No entanto, todos os presidentes americanos desde então têm evitado o ato. Mudar a embaixada para Jerusalém simbolizaria o rompimento com um princípio de política externa de longa data de Washington.

Trump nomeou David Friedman, linha-dura pró-Israel que apoia o prosseguimento da construção de assentamentos judeus, como embaixador para Israel.

Apesar de Israel ter considerado Jerusalém como sua capital desde dezembro de 1949, a maioria dos países agarrou-se a resolução da ONU que dividia a Palestina para criar um estado judeu. Desta forma, Jerusalém não pertenceria a nenhum país.

A ideia da mudança da embaixada foi recebida com grande satisfação pelos membros do governo de Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel, e com lamento pelos palestinos. Saeb Erekat, negociador-chefe dos palestinos, disse que isso vai “destruir o processo de paz”.

Fontes:
The Economist-Moving America’s embassy to Jerusalem

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *