Início » Internacional » Trump retira os EUA do acordo nuclear com o Irã
TENSÃO GLOBAL

Trump retira os EUA do acordo nuclear com o Irã

Para Trump, o acordo não foi capaz de evitar que o Irã continuasse com as suas atividades nucleares

Trump retira os EUA do acordo nuclear com o Irã
A retirada dos Estados Unidos já era esperada pela comunidade internacional (Foto: White House/Facebook)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta terça-feira, 8, que está retirando o país do acordo nuclear do Irã. O tratado, firmado em 2015, durante o governo de Barack Obama, fez a nação do Oriente Médio se comprometer a limitar as atividades nucleares para não sofrer novas sanções internacionais.

Apesar de ter retirado os Estados Unidos do acordo atual e categorizar o Irã como “o principal Estado patrocinador do terrorismo”, Trump não descarta que um novo tratado, mais rigoroso, seja firmado. O Irã, por sua vez, já havia afirmado que os americanos iriam “se arrepender” caso deixassem o acordo.

A retirada dos Estados Unidos já era esperada pela comunidade internacional. Mesmo a campanha de países europeus para que os EUA permanecessem no acordo não obteve êxito em convencer Trump. A decisão do americano levou o presidente da França, Emmanuel Macron, a lamentar a decisão através das redes sociais.

A União Europeia já manifestou que continuará no acordo nuclear. Segundo o bloco econômico, o tratado está “funcionando” e “precisa ser preservado”. Mesmo assim, os diplomatas estão preocupados com a possibilidade das empresas europeias abandonarem o Irã por medo de retaliações americanas.

Por duas vezes, o presidente americano se recusou a certificar que o Irã estava cumprindo sua parte no acordo nuclear. Em janeiro, Trump já havia informado que abandonaria o tratado até o dia 12 de maio caso algumas “falhas desastrosas” não fossem corrigidas no acordo.

Para Trump, o acordo permitia que o Irã continuasse enriquecendo urânio. Além disso, segundo o presidente americano, o tratado “não trouxe calma, não trouxe paz e nunca trará”. Para o chefe de Estado, o documento não foi capaz de evitar o desenvolvimento de novos mísseis balísticos.

Dessa forma, Trump afirmou que os Estados Unidos irão restaurar sanções “do mais alto nível” contra o Irã, explicando ainda que outras nações também podem ser sancionadas – mesmo não citando nominalmente nenhuma.

Acordo nuclear

O acordo nuclear do Irã, chamado de Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA) foi acordado entre Irã, Estados Unidos, Reino Unido, França, China, Rússia e Alemanha. O tratado estabelecia um teto para o estoque de urânio do Irã por 15 anos, limitando o número de centrífugas em 10 anos.

Porém, Trump queria que fosse estabelecido ainda inspeções em locais apontados pela Agência Internacional de Energia Atômica (IAEA); o compromisso de que o Irã não teria capacidade de fabricação de arma nuclear; dispositivos limitando as atividades nucleares do país; entre outras coisas.

Segundo a IAEA, o regime de verificação no Irã é o “mais rigoroso que há no mundo”. A agência afirma que seus inspetores, desde 2016, certificaram, em 11 oportunidades, que o país está cumprindo a sua parte no acordo. No entanto, o órgão também admite que o Irã ultrapassou duas vezes o limite de produção de água pesada (um tipo de líquido usado em usinas nucleares), precisando enviar o excedente para fora do país.

O anúncio da Trump sobre a saída dos Estados Unidos do acordo nuclear do Irã pode ser visto diretamente no vídeo abaixo a partir do minuto 12:50.

President Trump Delivers Remarks on the Joint Comprehensive Plan of Action

Watch LIVE as President Trump delivers remarks on the Joint Comprehensive Plan of Action.

Posted by The White House on Tuesday, May 8, 2018

 

Leia também: Entenda o impasse em torno do acordo nuclear com o Irã

Fontes:
G1-Trump anuncia retirada dos EUA de acordo nuclear com o Irã
The New York Times-Trump Withdraws U.S. From ‘One-Sided’ Iran Nuclear Deal

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *