Início » Internacional » Trump se encontra com Theresa May em Londres
VIAGEM OFICIAL

Trump se encontra com Theresa May em Londres

Em viagem oficial ao Reino Unido, Trump enche May de elogios para dissipar mal-estar gerado por críticas ao ‘Brexit suave’ adotado pela primeira-ministra

Trump se encontra com Theresa May em Londres
Viagem de Trump é marcada por protestos e entrevista polêmica a tabloide (Foto: Twitter/Theresa May)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se encontrou nesta sexta-feira, 13, com a primeira-ministra britânica, Theresa May.

Trump está em Londres, em uma visita oficial ao Reino Unido, para discutir, entre outros temas, o Brexit e a relação britânica com a Rússia, fortemente abalada após os casos envolvendo envenenamentos por agente nervoso, atribuídos a Moscou.

A viagem de Trump foi marcada por protestos contra o presidente americano – mais de 100 já foram registrados – e uma polêmica entrevista dada ao tabloide britânico Sun, na qual Trump afirmou que a atual estratégia de May, o chamado “Brexit suave”, praticamente vai “matar” um possível acordo de livre-comércio entre EUA e Reino Unido.

Recentemente, o governo britânico vem suavizando os termos para a saída da União Europeia (UE), o que desagradou parlamentares que fizeram campanha pelo Brexit e trabalharam na elaboração dos termos anteriores. Alguns optaram por pedir demissão de seus cargos no governo.

Na entrevista, Trump declarou que o projeto atual de May não corresponde ao que os eleitores britânicos desejavam quando votaram pela saída do país da UE. Ele também criticou as habilidades de negociação de May. “Eu teria feito bem diferente. Eu disse à Theresa May como ela teria de fazer, mas ela não me ouviu. Ela quis tomar um caminho diferente. Eu diria que ela tomou o caminho contrário”, disse Trump, segundo noticiou a rede Deutsche Welle.

Segundo informações da agência de notícias AFP, para dissipar o possível mal-estar que as declarações poderiam gerar, a porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, disse que “o presidente admira e respeita muito a primeira-ministra”. Segundo ela, Trump destacou que “jamais disse algo ruim” sobre May na entrevista.

O próprio Trump também tentou aplacar a polêmica. Ao se encontrar com May para uma coletiva de imprensa em Chequers, onde fica a casa de campo de May nos arredores de Londres, Trump encheu a primeira-ministra britânica de elogios, exaltou a capacidade de May como negociadora e confirmou que EUA e Reino Unido vão buscar um pacto de livre-comércio após a conclusão do Brexit.

“Esta senhora é uma mulher incrível, que está fazendo um trabalho incrível. Ela é uma negociadora durona. Eu a tenho observado nos últimos dois dias, e ela é uma pessoa muito, muito inteligente e determinada. Prefiro tê-la como amiga”, disse Trump, que também destacou que a relação entre os países “é especial em seu maior grau”.

Por sua vez, May confirmou que busca por um acordo de livre-comércio com os EUA e citou os esforços britânicos em prol do Brexit. “Nenhum outro país faz mais do que nós para manter seu povo seguro e próspero. E queremos aprofundar essa cooperação ainda mais”, disse May.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *