Início » Internacional » Trump volta a prometer deportações em massa de imigrantes ilegais
ESTADOS UNIDOS

Trump volta a prometer deportações em massa de imigrantes ilegais

Presidente americano chamou de 'animais' alguns imigrantes ilegais

Trump volta a prometer deportações em massa de imigrantes ilegais
Trump diz que falta uma legislação eficiente para impedir que os imigrantes retornem para os EUA (Fonte: Reprodução/Wikimedia Commons)

Em uma reunião na Califórnia, o presidente americano, Donald Trump, voltou a prometer nesta quarta-feira, 16, que fará deportações em massa de imigrantes que estão ilegais nos EUA.

Referindo-se a imigrantes ilegais membros da gangue Marasalvatrucha “MS-13”, que surgiu na década de 1980 em Los Angeles e hoje está presente em várias partes do mundo, Trump, em mais uma declaração polêmica, os chamou de “animais”.

“Você não acreditaria o quão ruim são essas pessoas. Não são as pessoas, são animais … E nós estamos tirando-as para fora do país em um nível nunca visto ”, afirmou o presidente americano.

Ainda de acordo com Trump, falta uma legislação eficiente para impedir que os imigrantes retornem para os EUA. “Por causa das leis fracas, eles voltam rápido, nós os detivemos, os libertamos, os interceptamos de novo, depois os deportamos de novo […] É uma loucura, temos as leis de imigração mais burras do mundo e nós vamos cuidar disso”, ressaltou Donald Trump.

O encontro desta quarta contou com a participação do procurador-geral dos EUA, Jeff Sessions, do secretário de Segurança Nacional, Kirstjen Nielsen, do diretor de Imigração e Alfândega, Thomas Homan, e de representantes das chamadas cidades-santuário, que são contra ações mais duras contra imigrantes ilegais.

Entre as chamadas cidades-santuário nos EUA estão Califórnia, Nova Iorque, Chicago, Seattle, Austin, Boston, Houston, San Francisco, Denver e Miami. O governo Trump critica o uso de leis locais de proteção aos imigrantes que não têm documentos.

Fontes:
EBC - Trump chama imigrantes ilegais de animais e promete deportar em massa

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *