Início » Internacional » Tufão deixa 65 mortos e mineiros presos nas Filipinas
MANGKHUT

Tufão deixa 65 mortos e mineiros presos nas Filipinas

Tufão agora foi rebaixado a tempestade tropical

Tufão deixa 65 mortos e mineiros presos nas Filipinas
Com ventos de 170 km/h e rajadas de até 260 km/h, o tufão causou muita destruição (Fonte: Reprodução/Divulgação/Nasa)

Pelo menos 65 pessoas morreram no último final de semana nas Filipinas após a passagem do tufão Mangkhut. Com ventos de 170 km/h e rajadas de até 260 km/h, o tufão causou muita destruição.

Inundações e deslizamentos de terra soterraram uma mina e barracões na cidade de Itogon, no norte das Filipinas. O prefeito local informou que há 34 mortos, porém ainda foi informado se esse número está incluído no balanço nacional. Acredita-se também que entre 40 e 50 pessoas ainda estejam presas no local.

O tufão, que agora foi rebaixado a tempestade tropical, provocou ondas de até seis metros de altura. Dezenas de milhares de pessoas tiveram que deixar suas casas.

O Mangkhut chegou neste domingo, 16, ao sul da China. Duas pessoas morreram e outras 213 ficaram feridas. Com ventos de 160 km/h e rajadas de até 195 km/h, ele causou muita destruição. Mais de 3 milhões de pessoas tiveram que ser retiradas de áreas de risco do sul do país. As aulas e os serviços de trem foram suspensos. Autoridades também determinaram que dezenas de milhares de barcos retornassem aos portos.

O governo de Hong Kong informou que os danos causados pelo Mangkhut foram “graves”. Quase 900 voos do Aeroporto Internacional foram suspensos. O serviço de transporte público também foi suspenso.

Fontes:
G1 - Tufão Mangkhut deixa dezenas de mortos, mineiros presos nas Filipinas e milhões de deslocados na China

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *