Início » Internacional » Turquia declara ajuda aos EUA contra o Estado Islâmico
Avanço do ISIS

Turquia declara ajuda aos EUA contra o Estado Islâmico

Aviões militares americanos sobrevoaram a região e lançaram mais armas, munição e ajuda médica para os curdos que lutam contra o ISIS

Turquia declara ajuda aos EUA contra o Estado Islâmico
Redur Xelil, o porta-voz do YPG(Unidades de Proteção do Povo), que é a principal milícia curda do local, confirmou o recebimento das armas e disse que acredita em uma ajuda adicional para os combatentes (Reprodução/Lefteris Pitarakis/Associated Press)

Os combatentes curdos da cidade de Kobani, na Síria, receberão mais armas e terão reforços de combatentes curdos do Iraque, ajudados pela Turquia e pelos EUA, para conter o avanço do Estado Islâmico (ISIS) na região.

O governo da Turquia anunciou nesta segunda-feira, 20, que vai adotar medidas para ajudar os combatentes curdos do Iraque a chegar a Kobani. “Ajudamos as forças dos peshmergas (combatentes curdos do Iraque) a atravessar a fronteira para seguir até Kobani. Nossas conversações sobre o tema continuam”, declarou o ministro turco das Relações Exteriores, Mevul Cavusoglu.

Aviões militares americanos sobrevoaram a região e lançaram mais armas, munição e ajuda médica para os curdos que lutam contra o ISIS. Um avião C-130 lançou 27 carregamentos para entregar o material enviado por autoridades curdas iraquianas com o objetivo “de apoiar a resistência ante as tentativas do Estado Islâmico de tomar Kobani”, afirmou um comunicado do Comando Central Americano para o Oriente Médio (Centcom).

Redur Xelil, porta-voz do grupo Unidades de Proteção do Povo, que é a principal milícia curda do local, confirmou o recebimento das armas e disse que acredita em uma ajuda adicional para os combatentes. “A ajuda militar lançada pelos aviões americanos durante o amanhecer sobre Kobani foi boa e agradecemos os Estados Unidos pelo apoio. Terá um impacto positivo nas operações militares contra o Estado Islâmico e esperamos receber mais”, afirmou.

Xelil não revelou o tipo de armamento repassado e se limitou a afirmar que existe uma “coordenação” entre as autoridades americanas e as forças das YPG sobre a entrega, sem divulgar detalhes.

Fontes:
Folha-EUA entregam armas em Kobani; Turquia abre fronteira para curdos

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *