Início » Internacional » Ucrânia: a guerra que nunca parou
Violência

Ucrânia: a guerra que nunca parou

Forças separatistas expulsaram os últimos soldados do governo da Ucrânia das ruínas do aeroporto de Donetsk

Ucrânia: a guerra que nunca parou
Cenário de guerra que assola o leste da Ucrânia (Fonte: Reprodução/Reuters)

A violência no leste da Ucrânia voltou a níveis não vistos desde antes de um cessar-fogo acordado em setembro do ano passado.

Neste fim de semana serão enterrados os corpos de 13 civis mortos nesta quinta-feira, 22, por bombardeios na cidade de Donetsk. Não serão os únicos enterros a serem realizados.

Apesar de o cessar-fogo sempre ter sido um equívoco — uma vez que o bombardeio nunca parou –, nenhum dos lados tinha feito avanços significativos até esta semana. Agora as forças separatistas — provavelmente apoiadas por soldados russos — lançam novas ofensivas.

Nesta quinta, as forças separatistas expulsaram os últimos soldados do governo da Ucrânia das ruínas do aeroporto de Donetsk, por muito tempo um símbolo da resistência ucraniana.

Um encontro em Berlim de ministros das Relações Exteriores da Rússia, Ucrânia, França e Alemanha resultou em um acordo para retirada da artilharia pesada, mas, segundo a revista The Economist, seria ingenuidade esperar o cumprimento de tal acordo agora.

“Não há cessar-fogo […] Vamos lutar”, afirmou Alexander Zakharchenko, líder separatista pró-Rússia. De fato, eles vão lutar — e mais pessoas vão morrer.

Fontes:
Jornal de Negócios - Guerra na Ucrânia sobe de tom e Kiev perde o controlo do aeroporto de Donetsk
The Economist - Ukraine: the war that never stopped roars back

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *