Início » Internacional » Ucrânia anuncia captura de dez soldados russos perto da fronteira
Internacional

Ucrânia anuncia captura de dez soldados russos perto da fronteira

Governo ucraniano divulgou um vídeo com o testemunho dos soldados, o que constitui a primeira prova material da participação de forças russas nos combates

Ucrânia anuncia captura de dez soldados russos perto da fronteira
Incidente pode complicar ainda mais a relação entre os dois países (Reprodução/Reuters)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A Ucrânia anunciou a captura de dez soldados russos em seu território nesta terça-feira, 26, além da morte de quatro guardas de fronteira ucranianos em um ataque feito por um helicóptero russo, o que pode complicar ainda mais as relações entre os países.

Os incidentes aconteceram horas antes do encontro de Vladimir Putin com o presidente ucraniano, Petro Poroshenko, em meio ao pessimismo de uma solução para o conflito entre o governo central de Kiev e separatistas pró-Moscou no leste do país.

Segundo uma fonte do Ministério da Defesa russo, foi confirmada a detenção de soldados russos na Ucrânia. Mas, conforme justificativa, os soldados cruzaram a fronteira “por acidente”. Os soldados foram detidos com documentos de identidade e armas, e declararam que foram enviados à região russa de Rostov, na fronteira com as regiões ucranianas de Donetsk e Luhansk, e depois ao território ucraniano.

O governo ucraniano divulgou um vídeo com o testemunho dos soldados, o que constitui a primeira prova material da participação de forças russas nos combates. A Casa Branca ressaltou que as incursões militares da Rússia na Ucrânia constituem uma escalada significativa e são “inaceitáveis, perigosas e incendiárias”.

Também nesta terça-feira, o porta-voz militar ucraniano, Andriy Lysenko, disse que um helicóptero russo Mi-24 atacou um posto de fronteira na região Luhansk no dia anterior, matando quatro guardas de fronteira.

Presidente ucraniano dissolve parlamento

Em meio aos conflitos com forças separatistas pró-Rússia no leste do país, o presidente ucraniano, Petro Poroshenko, dissolveu o parlamento e convocou eleições para o dia 26 de outubro, afirmando que muitos dos atuais parlamentares são aliados do ex-presidente Viktor Yanukovich e que a maioria da população quer um novo parlamento.

Fontes:
O Globo-Ucrânia anuncia captura de dez soldados russos perto da fronteira
O Globo-Presidente ucraniano dissolve Parlamento e convoca eleições

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *