Início » Internacional » Ucrânia registra 11 mortes horas após acordo de cessar-fogo em Minsk
Guerra na Ucrânia

Ucrânia registra 11 mortes horas após acordo de cessar-fogo em Minsk

O tratado assinado pelos líderes na Bielorússia passará a valer no dia 15 de fevereiro, antes disso rebeldes tentam conquistar cidade estratégica

Ucrânia registra 11 mortes horas após acordo de cessar-fogo em Minsk
Rebeldes enterram um colega morto no confronto. Entre os mortos estão oito militares e três civis, 34 pessoas ficara feridas (Foto: Reprodução/AP)

Oito militares e três civis morreram em ataques realizados nas últimas horas na Ucrânia, segundo os primeiros balanços do governo local e dos líderes separatistas. Bombardeios foram registrados em Donetsk e Luhansk, regiões sob controle dos rebeldes.

O acordo de cessar-fogo, assinado em Minsk, na Bielorússia, na última quinta-feira, 12, só entrará em vigor no próximo domingo, 15. Segundo o porta-voz das forças armadas ucranianas, Vladislav Seleznev, outros 34 militares ficaram feridos.

Em Debaltsevo, as tropas do governo estão cercadas pelas forças separatistas. A cidade é situada em um ponto militar estratégico entre as sedes da força rebelde, Donetsk e Luhansk. Especialistas acreditam que o plano das forças rebeldes é conquistar a Debaltsevo antes que o acordo de Minsk os impeça.

Na última quinta-feira, representantes de Ucrânia, Rússia, que apoia os rebeldes, França e Alemanha reuniram-se em Minsk para selar um acordo que desse fim aos conflitos no leste do país. O tratado prevê o cessar-fogo a partir do dia 15 de fevereiro e a retirada de armas pesadas da linha de frente, além da libertação de prisioneiros.

Fontes:
O Globo-Ao menos 11 pessoas morreram após acordo de paz, diz Exército ucraniano

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *