Início » Internacional » UE condena Turquia por prisões de jornalistas
Buscas em meios de comunicação

UE condena Turquia por prisões de jornalistas

'Operação vai contra os valores e normas europeus', afirmou a União Europeia em comunicado

UE condena Turquia por prisões de jornalistas
Funcionários do jornal Zaman protestam em Istambul (Fonte: Reprodução/Reuters)

A União Europeia (UE) condenou a prisão de 24 jornalistas na Turquia neste domingo, 14, acusados de conspirarem contra o governo do presidente Recep Tayyip Erdogan.

Em comunicado, a UE afirmou que as buscas da polícia turca “são incompatíveis com a liberdade dos meios de comunicação, que é um princípio essencial da democracia”, e ainda que a “operação vai contra os valores e normas europeus, que a Turquia aspira a ser parte”.

Entre os jornalistas detidos estão algumas das vozes mais críticas do presidente turco, como o editor-chefe do jornal Zaman e o presidente do grupo de mídia Samanyolu.

A imprensa turca informou que foram emitidos mandados de prisão para 32 pessoas, mas as incursões da polícia turca nas instalações de meios de comunicação do país resultaram em 24 prisões.

Um editor do jornal Zaman disse que a polícia apresentou documentos que se referiam a uma acusação de “formação de quadrilha para tomar a soberania do Estado”.

Fontes:
Uol - UE diz que buscas da Turquia em meios de comunicação vão contra valores europeus

1 Opinião

  1. Joma Bastos disse:

    Corrupção entre governantes turcos.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *