Início » Economia » UE cria fundo para reduzir dependência dos EUA
AUTONOMIA ESTRATÉGICA

UE cria fundo para reduzir dependência dos EUA

Fundo servirá para desenvolver as capacidades militares do bloco e promover sua autonomia estratégica

UE cria fundo para reduzir dependência dos EUA
O fundo serviria para desenvolver as capacidades militares dos membros da União Europeia (Foto: Pixabay)

A União Europeia (UE) pretende promover sua autonomia estratégica a partir da criação do Fundo Europeu de Defesa (FED). “O Fundo contribuirá para a autonomia estratégica da Europa em matéria de proteção e defesa de seus cidadãos”, informou a Comissão Europeia. O anúncio do fundo deve ocorrer nesta quarta-feira, 13.

O fundo serviria para desenvolver as capacidades militares do bloco, num momento em que ele vem divergindo constantemente de seu principal aliado, os Estados Unidos. Com 13 bilhões de euros previstos para o período de 2021-2027, 4,1 bilhões vão ser investidos em pesquisa e 8,9 bilhões, em desenvolvimento de capacidades militares, segundo documento da Comissão Europeia. Como o fundo começa a operar em 2021, o Reino Unido, que deve concluir a saída da UE em março de 2019, não vai fazer parte da iniciativa.

Faltando um mês para a cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), em Bruxelas, a criação do fundo promete tensionar a relação da UE com os EUA. Isso porque, além de reduzir a dependência do bloco dos EUA, empresas fora da UE não poderão participar do fundo.

Washington já advertiu seus aliados contra qualquer discriminação que afete suas empresas. Porém, segundo fontes consultadas pela AFP, os critérios para participar do fundo europeu não são discriminatórios. Afinal, as empresas interessadas no financiamento dos Estados Unidos devem ter sede neste país ou empregar apenas equipes americanas.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *