Início » Vida » Comportamento » Um hotel planejado para agradar as mulheres
Hotel pra mulheres

Um hotel planejado para agradar as mulheres

O hotel dará ênfase à segurança com quartos separados para o serviço de quarto, entregas de encomendas etc. e irá mimar as mulheres com pequenas futilidades que elas adoram

Um hotel planejado para agradar as mulheres
As mulheres viajam a trabalho há décadas, sem precisar de bancos para depilar as pernas (Reprodução/Getty Images)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Quais são as peculiaridades de um hotel planejado para agradar as mulheres? Richard Branson, um bilionário que se vangloria de saber dar “aquele algo mais” às mulheres, inaugurou o primeiro hotel futique da sua cadeia de hotéis Virgin em Chicago na semana passada, segundo ele, destinado especialmente a hospedar mulheres executivas. O Wall Street Journal publicou um artigo com mais detalhes:

O hotel dará ênfase à segurança com quartos separados para o serviço de quarto, entregas de encomendas etc. e irá mimar as mulheres com pequenas futilidades que elas adoram.

“Não creio que os  hotéis tenham uma preocupação maior com a viajante do sexo feminino”, disse Richard Branson, o fundador de 64 anos do Virgin Group Ltd. e sócio majoritário do Virgin Hotels. “O Virgin terá características especiais para mostrar que queremos oferecer o máximo de conforto às mulheres.”

[…]

Por medida de segurança, os quartos dos hotéis Virgin terão portas dividindo o quarto pela metade e, assim, os hóspedes terão um espaçoseparado para o serviço de quarto ou entrega de bagagens. Um olho mágico permitirá que o hóspede veja quem está batendo à porta. Os corredores terão uma boa iluminação.

Além disso, os quartos terão armários mais espaçosos, gavetas para guardar maquiagem e acessórios, e boxes de chuveiro maiores com um banco para facilitar a depilação das pernas, disse Raul Leal, o executivo chefe do Virgin Hotels. 

Esses detalhes são tolos demais. As mulheres viajam a trabalho há décadas, sem precisar de bancos para depilar as pernas. Mas o percentual de mulheres executivas que fazem viagens frequentes teve um aumento expressivo desde o início da década de 1990 e, por esse motivo, uma propaganda é uma boa maneira de atrair a atenção da imprensa (nesse caso funcionou).

Fontes:
The Economist-Plenty more space in the closet

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *