Início » Internacional » Uma biografia presidencial
Livro

Uma biografia presidencial

41: A Portrait of My Father, uma nova biografia do presidente George H.W. Bush escrita pelo filho, o quadragésimo terceiro presidente dos Estados Unidos

Uma biografia presidencial
Atualmente, muitas tendências da política externa inspiram-se no estilo de liderança do livro 41: A Portrait of My Father (Reprodução/Internet)

Muitos políticos antigos, atuais e futuros circulam pelas páginas de 41: A Portrait of My Father, uma nova biografia do presidente George H.W. Bush escrita pelo filho, o quadragésimo terceiro presidente dos Estados Unidos. O jovem George Bush chama seu livro de “uma história de amor”, escrita com a expectativa de corrigir registros históricos sobre o pai, que não teve o reconhecimento merecido por ter terminado a Guerra Fria de modo pacífico.

Este livro, lançado no Texas em 11 de novembro, relata, entre outros fatos políticos, a reação da crítica à postura impassível do pai diante das manifestações, que se espalharam pelo bloco do leste em 1989. Logo depois da queda do Muro de Berlim, o presidente Bush não aceitou o convite para visitar a cidade e justificou a recusa com uma frase peculiar: “Não vou dançar no muro.” Os críticos foram implacáveis: “O bushismo é o reaganismo sem a paixão pela liberdade.” Mas, na verdade, como o livro insiste nesse ponto, o presidente Bush queria evitar uma intervenção soviética e decidiu manter uma posição de neutralidade.

Atualmente, muitas tendências da política externa inspiram-se no estilo de liderança do livro 41: A Portrait of My Father. A vitória do presidente Bush na Guerra do Golfo em 1991, que durou apenas sete meses, é saudada pelos admiradores como a opção ideal entre o distanciamento frio (uma menção a Barack Obama) e a arrogância do neoconservadorismo (uma alusão à guerra do Iraque empreendida pelo jovem presidente Bush).

Fontes:
The Economist-Bush on Bush

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *